9 erros comuns praticados nas academias

    0
    49

    Cada pessoa vai à academia com um objetivo. Uns querem ganhar massa perder uns quilinhos enquanto outros buscam apenas a definição muscular. Você pode não saber por isso listamos alguns dos entraves mais comuns.

    Impaciência

    Nada acontece de um dia para o outro. E para que a adaptação aconteça o aluno precisa persistir dia a dia até que o seu corpo entenda assimile e reaja de forma positiva aos treinos. Portanto não ter paciência e queimar etapas levará a uma adaptação frágil com grande potencial de lesão.

    Treino incompatível com a meta

    Muitos alunos têm como meta aumentar a massa muscular mas no seu programa de treino predominam exercícios de resistência de média e longa duração. Ou seja treinos não específicos para o seu objetivo.

    Falta de variação no treinamento

    Os alunos podem encontrar uma barreira adaptativa isto é não conseguem ver mais evoluções no seu corpo após os treinamentos. Uma das principais causas desta situação é não variar o treino.

    Treino inconsciente

    Uma das formas de cumprir todas as atividades propostas no programa de treino é ter consciência do motivo de fazer determinados exercícios. Muitos alunos não se empenham em realizar as atividades por não terem significado para eles.

    Queimar etapas

    Desrespeitar este princípio é um dos fatores mais relevantes para a gerar lesões consequência de não elevar a intensidade e o volume de treino de forma gradativa.

    Falta de reavaliação física

    Quando o aluno entra na academia realiza uma avaliação física mas raramente faz uma reavaliação. Isto diminui a possibilidade de intervenções eficientes para melhorar o programa de treino após tornar evidente o resultado conquistado sendo ele bom ou ruim.

    Carga de treinamento inadequada

    Muitos alunos optam por fazer um treino copiado de uma revista site ou amigo (a) mas não respeitam a sua própria condição física sexo idade perfil de comportamento histórico esportivo e de saúde. Esta atitude pode levar a um treino inadequado com grandes chances de não trazer um bons resultados e até mesmo causar a desistência já que a atividades realizadas estavam muito além ou aquém de suas possibilidades.

    Faltar à academia

    Alguns alunos frequentam a academia de forma irregular treinam uma semana sim e outra não e quando voltam procuram manter o que faziam antes da ausência. Quando o corpo para de receber os estímulos retorna ao seu estado anterior. Isso dependerá do quanto foi estimulado região mais trabalhada e tempo que ficou parado.

    Não seguir o programa passado pelo professor

    Desobedecer o cronograma elaborado pelo professor é desrespeitar o conhecimento aplicado ao programa que leva em conta as particularidades o efeito da carga e o objetivo que o aluno pretende atingir. Se ele não tem nenhum programa fica sem saber o que dá certo ou errado ao longo do tempo.

    (Fonte: Cacá Ferreira gerente técnico corporativo da academia Cia. Athletica em SP)

     

    Esta matéria foi produzida no site ativo.com

     

    Deixe uma resposta