Aberta votação popular para escolha do melhor atleta de 2007

    0
    46

    O público já pode participar da votação que irá eleger os melhores atletas brasileiros do ano. A votação está aberta via Internet no site www.premiobrasilolimpico.com.br até o dia 10 de dezembro. Os concorrentes masculinos são o ginasta Diego Hypólito o judoca Tiago Camilo e o nadador Thiago Pereira. No feminino disputam a ginasta Jade Barbosa a jogadora de futebol Marta e a saltadora com vara Fabiana Murer.

    Os atletas foram indicados por um colégio eleitoral composto por profissionais do esporte dirigentes e jornalistas. Os vencedores serão homenageados na festa do Prêmio Brasil Olímpico 2007 organizada pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB) no Teatro Municipal do Rio de Janeiro no dia 17 de dezembro. Os vencedores De 2006 foram a ginasta Laís Souza e o atacante Giba da Seleção Brasileira de Vôlei.

    Após a conquista do Campeonato Mundial de Stuttgart no solo Diego Hypólito entrou para a história do esporte nacional ao tornar-se o primeiro brasileiro bicampeão mundial de ginástica artística. Nos Jogos Pan-americanos Rio 2007 Diego conquistou dois ouros (solo e salto) e uma prata (equipe). Além disso em maio Diego sagrou-se campeão brasileiro no solo no salto e por equipes.

    Também nos Jogos Pan-americanos do Rio o nadador Thiago Pereira brilhou e conquistou seis medalhas de ouro uma de prata e uma de bronze. Thiago tornou-se o atleta brasileiro que mais medalhas inclusive de ouro conquistou em uma única edição dos Jogos. O nadador carioca venceu os 200m peito 200m costas 200m medley 400m medley 4x100m livre 4x200m livre; ficou em segundo lugar no revezamento 4x100m medley; e terceiro nos 100m costas. Para comprovar o ótimo ano Thiago Pereira quebrou o recorde mundial em piscina curta dos 200m medley na etapa da Copa do Mundo de Berlim.

    O judoca Tiago Camilo foi eleito o melhor judoca do mundo após conquistar o Campeonato Mundial do Rio de Janeiro vencendo todas as suas sete lutas por ippon. No RIO 2007 o paulista de Tupã conquistou o ouro ao vencer todos os combates por ippon. Nas duas competições Camilo competiu em categorias diferentes: meio-médio (-81kg) no Mundial e médio (-90kg) no Pan. O judoca ainda conquistou a medalha de ouro no Campeonato Pan-americano em Montreal em maio. Além disso na etapa da Copa do Mundo de Budapeste Tiago foi bronze na categoria meio-médio.

    No feminino Fabiana Murer apareceu para o grande público com a conquista da medalha de ouro no salto com vara dos Jogos Pan-americanos Rio 2007. Murer quebrou ainda o recorde sul-americano (466m) no Meeting de Paris. No Campeonato Mundial disputado em Osaka Japão a brasileira obteve a sexta colocação.

    O ano de 2007 foi também de conquistas inéditas para a ginástica artística brasileira após a chegada de Jade Barbosa à seleção nacional. No Campeonato Mundial em Stuttgart Jade ficou com o bronze na categoria individual geral que soma o desempenho de todos os aparelhos. Além disso a equipe brasileira terminou na quinta colocação classificando seis atletas para os Jogos Olímpicos. No Pan do Rio Jade conquistou três medalhas – ouro no salto prata por equipe e bronze no solo.

    Vencedora do Prêmio Brasil Olímpico em sua modalidade em 2003 e 2004 a alagoana Marta é a grande craque da nova geração do futebol feminino brasileiro. Diante de um Maracanã lotado Marta comandou a equipe para a conquista da medalha de ouro dos Jogos Pan-americanos Rio 2007. Marta foi artilheira da competição com 12 gols. Em setembro após grande campanha o Brasil alcançou o inédito vice-campeonato da Copa do Mundo da China e Marta foi eleita a melhor jogadora da competição. Nesta temporada Marta ainda conquistou o tricampeonato sueco pelo Umea IK time que defende desde 2003.

    Vencedores das edições anteriores do Prêmio Brasil Olímpico:

    2006: Laís Souza (ginástica artística) e Giba (vôlei)
    2005: Natália Falavigna (taekwondo) e João Derly (judô)
    2004: Daiane dos Santos (ginástica artística) e Vanderlei Cordeiro de Lima (atletismo)
    2003: Daiane dos Santos (ginástica artística) e Fernando Meligeni (tênis)
    2002: Daniele Hypólito (ginástica artística) e Nalbert (vôlei)
    2001: Daniele Hypólito (ginástica artística) e Robert Scheidt (vela)
    2000: Leila Barros (vôlei) e Gustavo Kuerten (tênis)
    1999: Maurren Maggi (atletismo) e Gustavo Kuerten (tênis)

     

    Esta matéria foi produzida no site ativo.com

     

    Compartilhar
    Artigo anteriorFederação Paulista de Atletismo com nova sede em 2007
    Próximo artigoRecuperação muscular é coisa séria

    Deixe uma resposta