Abscesso

    0
    48

    O que é Abscesso?

    A doença é conhecida pelo acúmulo e excesso de pus em um determinado tecido que assim forma uma membrana inflamatória.

    O acúmulo do líquido (pus) pode acontecer em diversas partes do corpo do paciente. Quando isso acontece o paciente percebe o inchaço e inflamação na região afetada pelo abscesso.

    A membrana que se forma com o liquido acumulado recebe o nome de membrana piogênica.

    A doença pode se desenvolver com ampliação da região afetada ou até mesmo com o efeito contrário diminuindo. Essa variação vai depender dos microrganismos ou glóbulos brancos que podem se desenvolver em qualquer parte do corpo.

    Os tecidos da pele que são mais moles são as regiões mais propícias para o desenvolvimento da doença.

    Neste caso as regiões mais comuns para o desenvolvimento da doença são a mama gengiva e também a área peri-retal. Assim as regiões mais raras em que a doença possa se desenvolver são o cérebro e fígado.

    Como se adquire

    A motivação para o desenvolvimento da doença são os agentes patogênicos assim como as bactérias onde podemos destacar estreptococos gonococos e também substâncias como essência de terebintina. Com o contato por meio de umas bactérias e agente o paciente pode adquirir a doença causando o inchaço na região afetada.

    Essas bactérias invadem as células que deveriam agir em defesa do organismo. O abscesso acontece na pele e a inflamação da região afetada fica visível pelo tamanho que a pele ganhar. O pus que acumula na pele pode fazer bolhas que são notadas pelo paciente.

    A região fica repleta de células mortas e ainda com bactérias causando a inflamação e em alguns casos dores.

    A origem do problema vem do tecido que é infectado. Depois disso os glóbulos brancos podem se movimentar pelos vasos sanguíneos e assim a área infectada desenvolve o pus.

    A doença é caracterizada por diversos tipos são eles: abscessos abdominais anorretal cerebral dental hepático entre outros. Estes são os mais comuns em pacientes.

    Sintomas

    A relação dos sintomas varia de acordo com a região que foi afetada mas existem alguns sinais da doença que são considerados como padrão. Estes destacam-se dores na região calores e tumefação.abscesso

    A doença geralmente afeta a pele mas pode desenvolver em qualquer parte do corpo do paciente.

    O tom avermelhado na região que o abscesso se encontra também é um sintoma clássico da doença.

    Conforme a doença vai aumentando o nível os sintomas também evoluem e se agravam conforme a gravidade da doença.

    Alguns pacientes apresentam a febre como um dos sintomas da doença.

    Um tipo de abscesso é quando a doença chega silenciosa. Neste caso sem a evidencia de sintomas o problema geralmente afeta os quadris e região genital.

    Diagnóstico

    Além de avaliar os sintomas e quadro clínico do paciente é necessário que o doente se submeta a uma amostra do líquido (pus) que é retirada da região onde de instalou o abscesso. Depois disso o liquido para por avaliações para confirmar ou não a doença.

    Exames físicos e que também podem avaliar a vermelhidão do paciente são solicitados.

    É possível também que o doente passe por avaliações de exames de sangue que tem como objetivo verificar os níveis dos glóbulos brancos do paciente.

    Como é feito o tratamento

    O principal objetivo do tratamento é eliminar os sintomas no primeiro momento e depois sim partir para a eliminação geral do problema. Com isso além de recursos com medicamentos pode ser que seja necessário que o paciente passe por processos cirúrgicos.

    Habitualmente o médico que trata o paciente com abscesso precisa liberar o liquido que se formou na pele ou em outra região do corpo do paciente. Geralmente essa ação acontece por meio de uma drenagem. Na sequencia o paciente passa pela cicatrização e também deve usar medicamentos para conter e melhorar as aparências que a doença pode deixar na pele do paciente.

    Os tratamentos são variados e podem ser realizados exclusivamente com cirurgia ou medicamentos ou até mesmo pelas duas formas.

    Depois de drenar o local para que o líquido seja eliminado o tratamento já tem boa parte encaminhada para a recuperação. Depois disso ainda é necessário que o paciente faça a ingestão de medicamentos.

    Como prevenir

    Essa doença não apresenta muitos cuidados preventivos diferente de outras enfermidades que podem indicar lista de alimentos e ações que podem prolongar evitar e prevenir a doença.

    No caso do abscesso a higiene é uma ação preventiva. Por exemplo manter-se livre as bactérias e higiene bucal podem evitar alguns tipos da doença.

    Tudo vai depender da região onde a doença e o tipo dela que se desenvolve mas dentre todos eles o ideal é manter-se longe das bactérias que causam a doença.

    Compartilhar
    Artigo anteriorGoji Berry Emagrece?
    Próximo artigoComo tirar manchas de Pele

    Deixe uma resposta