Alimentos que Aumentam o Risco de Câncer

0
71
 O que é o câncer?

Câncer é um termo referente a um conjunto de mais de 100 doenças que têm como fator em comum o crescimento descontrolado e desordenado de células que invadem tecidos e órgãos. Estas células podem ainda vir a se espalharem para outros locais do corpo o que é chamado de metástase.

As células cancerígenas são capazes de se dividir muito rapidamente podendo ser bem agressivas e resistentes. Um tumor benigno é uma massa de células localizadas que se multiplicam devagar sendo bem parecidas com o tecido original. Estas massas geralmente não representam perigo ao corpo. Por outro lado o tumor maligno e a neoplasia maligna são compostos por células agressivas e rápidas que geralmente representam bastante perigo à saúde.

Os cânceres são diferenciados entre si de acordo com os vários tipos de células. Por exemplo existem vários tipos de câncer de pele pois a pele não é formada por somente um tipo de célula. A velocidade de multiplicação das células cancerígenas e a capacidade de invadir órgãos e tecidos vizinhos também são características que servem para diferenciar os tipos de cânceres.

O que causa o câncer?

São várias as causas que podem levar ao desenvolvimento de um câncer podendo ser tanto externas quanto internas ou ambas relacionadas. Por exemplo os hábitos de vida e o ambiente em que uma pessoa vive ou frequenta são fatores externos que podem levar ao desenvolvimento de um câncer.

Já as causas internas geralmente têm relação com a genética assim como o envelhecimento deixa as pessoas mais predispostas a tanto. A grande maioria dos cânceres diagnosticados tem relação com o hábito de fumar com o consumo excessivo de bebidas alcoólicas com a exposição excessiva ao sol e com a exposição a alguns vírus. Além disto muitos cânceres são provocados por componentes em alimentos que ingerimos o que deve ser considerado um fator alarmante.

Alimentos podem causar câncer?

Sim. A alimentação está envolvida especialmente nos cânceres de mama de cólon de próstata de reto de esôfago e de estômago. Alguns alimentos quando consumidos por muito tempo podem acabar oferendo a uma célula cancerosa o ambiente ideal para a sua multiplicação. Atualmente além de muitas pessoas terem péssimos hábitos alimentares elas não têm um cardápio variado ou seja elas comem mal e sempre a mesma coisa.

Alimentos ricos em gordura frituras e embutidos devem ser evitados ao máximo especialmente aqueles prontos para o consumo. Muitos alimentos que ingerimos no cotidiano estão repletos de fatores mutagênicos que lesam as células e podem alterar o material genético dentro delas.

Além disso até mesmo nos itens que consideramos mais saudáveis pode residir o perigo visto que o Brasil é o país que mais consome agrotóxicos no mundo. Os agrotóxicos são utilizados largamente para a produção de legumes frutas e verduras por exemplo como as que encontramos nos supermercados e na feira. Estima-se que todos os brasileiros consumam em média 5 kg de veneno todos os anos.

Alimentos que aumentam o risco de câncer

Apesar de todos os alimentos inorgânicos poderem causar câncer alguns são considerados vilões ainda maiores nesta história. Por exemplo as carnes processadas como a linguiça o bacon a salsicha o presunto o peito de peru e a mortadela. Os refrigerantes assim como as carnes gordurosas devem também ser evitados ao máximo pois aumentam o risco de câncer.

Frituras e alimentos ricos em sal também entram na lista tais como a pizza congelada macarrões instantâneos salgadinhos de pacote e iscas de frango empanado. Por fim recomenda-se não preparar alimentos com altas temperaturas pois ao colocar um alimento cru em uma chapa muito quente substâncias cancerígenas são formadas.

O que fazer?

No caso do preparo de alimentos por exemplo para evitar a exposição a altas temperaturas como mencionamos acima recomenda-se assar ou cozinhar. No caso dos alimentos que destacamos acima tais como gorduras frituras e alimentos prontos recomenda-se cortar ao máximo o consumo.

Além disso é altamente indicado dar preferência ao consumo de itens orgânicos lembrando que não são somente as frutas os legumes e os vegetais que podem ser inorgânicos visto que as carnes podem da mesma forma estarem repletas de hormônios e antibióticos utilizados no gado e nas aves com a intenção de evitar doenças e de os fazerem crescer ainda mais.

Existem várias opções de feiras orgânicas atualmente. Além disso os itens orgânicos costumam ser menores e mais desiguais do que os itens inorgânicos. Portanto frutas muito grandes e brilhantes são por exemplo geralmente inorgânicas. Apesar da forma de cultivo as frutas os legumes e as verduras devem sempre ser consumidas afinal pode ser difícil encontrar alimentos orgânicos nos mercados além disso eles costumam ser mais caros pois normalmente são produzidos por famílias e não grandes empresas. Lembre-se no entanto de evitar ao máximo os alimentos destacados no item acima.

Deixe uma resposta