Calmantes Naturais

0
57
O uso de calmantes

A correria do dia a dia e o estresse cotidiano podem nos deixar praticamente à beira de um ataque de nervos. Coisas simples que ao se somarem produzem um efeito enorme em nosso organismo ficamos preocupados tensos ansiosos irritados raivosos e até mesmo depressivos. O melhor a fazer é evitar situações de estresse e procurar levar uma vida mais tranquila. É necessário nos preocuparmos menos com coisas bobas e entendermos que não temos o controle de tudo nem mesmo se quiséssemos. No entanto falar é fácil e conseguir lidar com as situações do dia a dia pode ser tarefa bem complicada.

Diversas pessoas têm recorrido ao uso de calmantes com o intuito de controlar a ansiedade e o desenvolvimento de uma depressão. Entretanto é preciso cuidado pois muitos fármacos atuam de maneira paliativa sem tratar o fator desencadeante e ainda podendo deixar a pessoa “viciada” no medicamento. Além disto depois de certo tempo o organismo pode sofrer com inúmeros efeitos colaterais portanto é preciso cautela e sabedoria nesta hora. Uma boa ideia é fazer uso de calmantes naturais que praticamente não agridem o corpo e a mente e ainda atuam no sentido de reestabelecer a calma e a felicidade diária.

Calmantes naturais

Eles ajudam a tratar a ansiedade a depressão e a diminuir o ritmo. Os calmantes naturais praticamente não produzem efeitos colaterais e podem trazer muitos benefícios para a saúde. Os mais conhecidos são os fitoterápicos os florais a homeopatia e os chás.

calmantes-naturais

De um modo geral podemos dizer que os fitoterápicos são aqueles calmantes naturais feitos à base de plantas. Eles são produzidos pela indústria farmacêutica e possuem eficácia comprovada. Já os florais são feitos essencialmente à base de flores enquanto que a homeopatia usa diferentes combinações de elementos da natureza. Os chás são mais conhecidos do que as outras opções e existem diferentes tipos que acalmam e
aliviam o estresse. Mais abaixo comentaremos alguns deles.

Fitoterápicos

Os fitoterápicos são produzidos pela indústria farmacêutica apesar de conter ingredientes naturais. Eles são feitos com princípio ativos de vegetais como por exemplo de valeriana erva-de-são-joão e passiflora.

São produtos bastante eficientes e precisam ser utilizados com cautela pois a interação destes com fármacos convencionais pode anular o efeito de ambos. Antes de começar a tomar é fundamental consultar um especialista assim como verificar a regulamentação do mesmo na ANVISA Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

Quando as plantas medicinais são industrializadas temos os fitoterápicos. Com o processo de industrialização muitas contaminações são evitadas como por exemplo de agrotóxicos microrganismos e substâncias estranhas. Por isto é preferível utilizar fitoterápicos do que plantas medicinais.

Os florais

Esta é a denominação mais usada para um preparado feito com flores maduras arbustos e plantas somado à água ao álcool ou ao brandy. O vinagre de maça também pode ser usado no preparo de florais como um conservante. A terapia via florais foi sistematizada entre os anos de 1928 e 1936 pelo Dr. Edward Bach no entanto o uso de flores e de plantas no tratamento de doenças é muito antigo.

Através da combinação de flores arbustos e plantas as essências são criadas. Cada essência possui certas finalidades e ajuda o organismo a lidar com determinados transtornos como ansiedade depressão insônia medo ciúmes raiva tristeza solidão ódio e indecisão por exemplo.

calmantes-naturais2

Homeopatia

A homeopatia emprega hoje em dia o uso de mais de 2000 produtos diferentes para o tratamento das condições. No entanto para os homeopatas a pessoa geralmente não tem apenas uma doença mas sim um desequilíbrio que vai se manifestando de diferentes formas ao longo de uma vida.

Os produtos da homeopatia são desenvolvidos a partir da extração de substâncias vegetais minerais e até mesmo de substâncias animais. De uma forma geral estes calmantes naturais visam estimular o equilíbrio energético do paciente.

Chás

Os chás são calmantes naturais bastante conhecidos. Dentre as plantas que acalmam e que são largamente utilizadas para tanto podemos citar por exemplo a melissa a camomila a passiflora e a valeriana.

As propriedades da valeriana são extraídas de sua raiz sendo que o gosto do chá pode ser bem amargo e o cheiro um pouco desagradável. No entanto para quem sofre de insônia e tensão esta é uma excelente opção de calmante natural.

Já a passiflora é bem parecida com o maracujá e possui ação relaxante e calmante também ajudando no sono. Além disto a passiflora é um excelente analgésico e antiespamódico. A camomila e a melissa são mais conhecidas e são também muito eficientes como calmantes naturais. O chá de melissa ou como também é chamado de erva-cidreira possui efeito sedativo calmante e digestivo. Já o de camomila além de acalmar e de combater a insônia ainda é eficiente no tratamento de gota e de problemas de circulação assim como no tratamento de inflamações e de reumatismo.

Compartilhar
Artigo anteriorCoceira na Virilha
Próximo artigoAnosmia

Deixe uma resposta