Chás que Emagrecem

0
48
 Os chás

Uma das bebidas mais consumidas em todo o mundo o chá pode ser tomado tanto quente quanto gelado. No oriente ele faz um enorme sucesso sendo que foi por volta de 1543 que os primeiros ocidentais tiveram contanto. No Brasil o chá é produzido especialmente na região do Vale do Ribeira no estado de São Paulo no entanto ele é tomado em todas as regiões.

Muitos dos chás que tomamos não são na realidade chás. Eles são infusões como o chá de hortelã e o chá de erva-cidreira por exemplo. Isto porque somente o chá produzido a partir da Camellia sinensis pode ser chamado desta forma sendo que dependendo do processo ao qual a Camellia sinensis for submetida temos diferentes tipos de chá.

O chá preto por exemplo é obtido a partir da fermentação das folhas da Camellia sinensis em tanques fechados. Após a fermentação as folhas são aquecidas e então desidratadas conferindo à bebida o sabor característico. Além da categorização por meio do processo à que é submetido o chá também é diferenciado devido ao que é utilizado em sua preparação como por exemplo se ele veio de folhas colhidas no inverno ou no verão.

O consumo regular de chá traz uma série de benefícios à saúde. É preciso estimular cada vez o consumo desta bebida sendo que sabendo a forma ideal de preparo é possível obter ainda mais benefícios.

Chás que Emagrecem

Os tipos de chá

É da Camellia sinensis que os chás são produzidos. Dependendo do processo a que são submetidas as partes da Camellia sinensis temos diferentes tipos de chá. Estes são: chá preto chá verde chá aromatizado e chá oolong. Além da divisão referente ao processo os chás são também categorizados  de acordo com a colheita. O chá verde bancha por exemplo é feito com folhas maduras da Camellia sinensis enquanto que o chá verde houjicha é feito com caules torrados folhas e tales da planta.

O chá preto é obtido a partir da fermentação das folhas da Camellia sinensis em tanques fechados. Posteriormente estas folhas são aquecidas e então desidratadas resultando na coloração avermelhada característica a este tipo de chá. Já o chá verde é obtido a partir de outro processo. Neste caso as folhas não são fermentadas. Elas são colhidas vaporizadas e então secas para o preparo. Os chás aromatizadores são obtidos a partir da combinação de várias flores folhas e frutos secos de outras plantas e da Camellia sinensis. Por fim os chás oolong são produzidos a partir de uma breve fermentação das folhas em um tanque fechado.

Benefícios do chá

São muitos os benefícios do consumo regular de chá para a saúde. Eles auxiliam na digestão acalmam amenizam dores e previnem o envelhecimento precoce por exemplo. Por combaterem os radicais livres os chás protegem de uma série de cânceres além disto eles são excelentes antissépticos e antidiarreicos.

Os chás de boldo e de sálvia por exemplo são ótimos para a digestão. Já os chás de camomila e de erva-cidreira possuem efeito calmante e sedativo. Os chás de poejo e de melissa são bons para abrir o apetite enquanto que os de eucalipto e de maracujá são ótimos cicatrizantes.

Os chás podem ser consumidos a qualquer hora no entanto é bastante indicado tomá-los após cada refeição. Muitos chás são bons para a digestão assim como para emagrecer. Eles ajudam a quebrar a gordura e estimulam o metabolismo além de regular o equilíbrio orgânico.

 

Chás que emagrecem

O chá de alecrim é um ótimo exemplo de chá emagrecedor. Além de ajudar a perder o peso este chá ainda reduz a ansiedade e diminui o nervosismo. Para preparar basta ferver 300 ml de água acrescentar 1 colher da erva deixar em repouso por cerca de 10 minutos coar e então beber. Tomar chá de alecrim 3 vezes por dia ajuda e muito na perda de peso.

Outro exemplo de chá que emagrece é o de bugre. Ele é originário de uma planta que cresce nas florestas do Brasil e tem ganhado cada vez mais popularidade entre as pessoas que querem emagrecer. O chá de bugre sacia o apetite naturalmente evitando que as pessoas cometam excessos no consumo de alimentos. Além disto ele é muito bom para o combate à febre e à tosse. Para prepará-lo basta ferver 300 ml de água acrescentar a erva e deixar em repouso por cerca de 10 minutos assim como no caso do chá de alecrim. Depois é só coar e apreciar o seu sabor.

Por fim vale a pena destacar também o chá de hortelã. Além de leve e refrescante este chá acelera a digestão ajudando na queima de calorias. Ele pode ser preparado da mesma forma que o chá de bugre e o chá de alecrim basta ferver 300 ml de água acrescentar a erva deixar tudo em repouso coar e então beber.

Compartilhar
Artigo anteriorOs riscos de tomar termogênicos
Próximo artigoBenefícios da Biotina

Deixe uma resposta