Como combater o estresse financeiro?

    0
    58

    Li um artigo esta semana sobre um assunto muito interessante: o estresse financeiro. Como não sou nenhum profissional especializado em economia quero falar dos efeitos que esse assunto pode causar com sua saúde. Mesmo porque é muito comum receber clientes com quadro de estresse financeiro. Mas o que significa?

    De uma maneira geral o estresse não deve ser considerado um diagnóstico mas um processo. E é por isso que a intensidade desse processo depende da forma como as pessoas reagem nas mais diferentes situações que provocam sentimentos como ansiedade raiva ou medo entre tantas outras como exemplo. De maneira fisiológica o estresse é provocado após intensa liberação de um hormônio chamado cortisol.

    Vários fatores podem acelerar a produção de cortisol. Mas tudo parte da sensação de perigo iminente. Logo depois alguns fatores do cotidiano como trabalho dinheiro e família podem ser destacados como outros principais estressores. Essa sensação afeta diretamente nossa saúde financeira momentos que perdemos o controle da situação e conseqüentemente das finanças. E isso sem considerar que o fator seja uma dívida propriamente dito.

    Queiram nós ou não o estresse financeiro resulta de um sentimento de medo ou de incapacidade de lidar com situações financeiras futuras: incapacidade de pagar contas de realizar planos de aposentar-se com dignidade de dar estudo aos filhos de manter o padrão de vida anterior.

    Hoje em dia as pessoas se preocupam muito com o sucesso e a segurança financeira. Acompanhado aparece o estresse financeiro prejudicando muitas vezes a nossa saúde física e os relacionamentos sociais. Por isso cuidado com o seu casamento sua produtividade no trabalho as amizades e os contatos familiares.

    Cuidado com o Estresse Financeiro. Ele pode te causar:

    dor de cabeça e enxaqueca
    preocupação e nervosismo excessivo
    hipertensão
    ansiedade e depressão
    insônia
    problemas estomacais
    fadiga e fraqueza
    abuso de drogas álcool e fumo
    desordens alimentares
    úlceras
    dificuldade de concentração
    irritabilidade
    moral baixa
    dificuldade de relacionamento com a família e amigos
    problemas cardiovasculares e psicológicos.

    Separei cinco agentes estressores para você ficar atento:

    1. Dívidas: o medo das contas que chegam.
    2. Busca incessante pelo sucesso pela habilidade de ser capaz de comprar não apenas as coisas que necessitamos.
    3. Medo de perder o emprego ou a fonte de renda.
    4. Medo do envelhecimento sem qualidade. Isso explica por exemplo o enorme avanço da previdência privada no Brasil.
    5. Medo de retroceder na posição social. Ou seja não ser capaz de manter o status quo ou o estilo de vida a que se está acostumado.
    Portando cuida da sua saúde financeira para garantir sua saúde física e mental.

     

    Esta matéria foi produzida no site ativo.com

     

    Deixe uma resposta