Dicas para lidar com a Pressão e o Estresse

0
57
 Geral

As exigências do dia a dia no trabalho na rotina do lar a cobrança tanto profissional como familiar a falta de entendimento os relacionamentos já atingidos pelo estresse do sistema em que vivemos chega a ser desumano às vezes. Atingir metas cumprir prazos clima competitivo a ânsia de resolver todos os problemas a competição por um espaço e ou a garantia dele com equipes cada vez mais reduzidas para alcançar os mesmos resultados.

Segundo pesquisas a competitividade exagerada pode gerar uma pressão no ambiente de trabalho de maneira que o funcionário se sente na obrigação de demonstrar constantemente a superação de seu potencial visando uma posição melhor ou para manter-se na empresa. Além das metas e prazos como forma de avaliação de desempenho que pode vir a gerar sérias complicações físicas e emocionais.

A pressão pode vir tanto do empregador fazendo cobranças abusivas metas acima da normalidade como do próprio funcionário que pode vir a exigir demais de si prejudicando a sua própria qualidade de vida.

Pressão causa estresse?

As pessoas trabalham cada vez mais e é preciso nivelar os índices do estresse. O que é prejudicial no estresse como em tudo é o excesso. As pesquisas indicam que 69% dos trabalhadores tem no estresse profissional a maior fonte de pressão. É preciso encontrar “nível ótimo” do estresse que é o estresse tolerável a nossa eficiência e não procurar supera-la radicalmente.

Portanto o estresse não é uma doença e sim a alavanca para que outros problemas e enfermidades venham a tona. Por exemplo: um indivíduo com uma tensão muscular muito forte poderá sofrer de dores de cabeça constantes; pessoas com asma e diabetes no ápice do estresse sofrem com crises; herpes e lúpus são doenças autoimunes que também podem ser desencadeadas.

Isso não quer dizer que trabalhar sob pressão significa estar estressado. Em muitos casos um trabalho sem desafios sem metas deixa o profissional desanimado. A insatisfação portanto também pode ser motivo de estresse. Tem de haver um equilíbrio entre o lazer e o trabalho.

Sintomas

A pressão desencadeada pelo estresse exagerado normalmente é extravasado em forma de: irritabilidade intolerância ansiedade cansaço físico e emocional alterações do apetite má qualidade de sono; queda de cabelo; baixa imunidade; depressão entre outros.

Estes sintomas variam conforme as características pessoais de cada indivíduo.

Algumas dicas para lidar com a pressão e o estresse

  1. Não se cobre tanto senão poderá desanimar.
  2. Procure não idealizar soluções. Quando houver um problema ou prazo a cumprir analise-o de forma objetiva e defina uma estratégia um plano de ação lógica e possível para não perder tempo com idealizações utópicas.
  3. Não superestime o inimigo. Há pessoas que sempre tem atitudes ou comentários negativos que nos irritam e provocam. Pense no real valor que esta pessoa tem em sua vida e se vale a pena dedicar-lhe tanta atenção. Pense que naquele momento você poderá estar otimizando o seu trabalho e elaborando novas possibilidades ao invés de dar espaço a aborrecimentos.
  4. Tenha mais segurança em si mesmo. Pessoas inseguras sofrem muito quando estão sob pressão pois ficam se questionando o tempo todo se vão ser capazes de executar determinada tarefa. Se a pessoa está em determinada função é porque ela é capaz de estar lá realizar o trabalho. É só relaxar respirar e dar o seu melhor. Sem estresse!
  5. Assuma e analise os seus atos. Quando houver um problema analise a situação e procure perceber se alguma atitude sua o causou. Se o caso for positivo converse com as pessoas envolvidas e peça desculpas.
  6. Procure cuidar de sua saúde. Fique atento com o seu corpo e perceba se ele está lhe dando sinais físicos de cansaço e cobrança como: dor de cabeça insônia dor de estômago irritabilidade ganho de peso dificuldade de concentração e etc. Se não estiver bem procure um médico e ou um psicólogo ou alguma atividade que lhe proporcione bem estar.

Tratamento

Para lidar com situações de pressão e estresse é preciso se respeitar e estar atento a seus próprios limites.

Quando o profissional é ambicioso demais e procura ascender no trabalho rapidamente visando promoções reconhecimento bater metas se destacar vai dar tudo o que pode e um pouco mais e possivelmente irá além dos seus limites para atingir seus objetivos aí então adoece por estar em plena estafa.

É preciso equilibrar todo este desgaste emocional e físico com um escape para que todas as tensões sejam afrouxadas e corpo e a mente possam descansar e relaxar!

Devem existir na agenda desse profissional atividades de lazer de fácil execução ou seja que possam ser executadas independentemente da companhia de outras pessoas e que não demandem grandes custos como por exemplo: leitura ouvir música praticar exercícios físicos passear com animais de estimação brincar com os filhos conversar com amigos ter um hobby apreender a tocar um instrumento enfim focar a mente em outra atividade e que lhe desperte algum interesse.

Prevenção

Ter uma vida saudável com um sono repousante que aumente a resistência para as lutas do dia a dia no ambiente de trabalho e nas tarefas do lar e da administração familiar.

Técnicas de relaxamento; respiração profunda; ioga; dança e tudo que permita o corpo e a mente descansarem.

Uma pessoa estressada adoece com mais facilidade se torna insociável agressiva e introspectiva diminuindo sensivelmente a sua produtividade. Diferente daquelas se respeitam antes de tudo e assim conseguem lidar melhor com as adversidades.

Deixe uma resposta