Dores de gases o que fazer?

0
95
 Por que temos gases?

Apesar de embaraçoso todas as pessoas eliminam gases. A flatulência é uma condição comum e saudável sendo que em média um adulto solta cerca de 20 gases por dia. Este número no entanto varia de acordo com o organismo e os hábitos de vida da pessoa.

Os gases são formados a partir do ar engolido ou a partir do aparelho digestivo. Eles podem ser expelidos tanto por via oral ou seja arroto como por via anal ou seja flato. Algumas pessoas são mais predispostas do que outras à formação de gases. Indivíduos que têm uma dieta rica em carboidratos por exemplo acabam sofrendo mais da condição que pode ser provocada devido à não quebra das moléculas no estômago. Como o intestino não produz as enzimas necessárias para a quebra do carboidrato suas moléculas passam a ser fermentadas por bactérias. Este é um dos principais motivos da flatulência.

Portanto a flatulência é uma condição normal que pode ou não ser agravada com hábitos alimentares. Existe uma série de artifícios e de dicas para evitar constrangimento com relação aos gases no entanto primeiro vamos entender como eles se formam.

Como eles se formam?

Basicamente os gases possuem origem em duas diferentes fontes: do ar engolido e da fermentação de restos. No primeiro dos casos eles são o resultado do ar respirado que no momento da deglutição é engolido ao invés de ir para os pulmões. Geralmente este ar sai através do arroto mas também pode sair como um flato.

No segundo caso são normalmente os hábitos alimentares da pessoa que influenciam. Por exemplo indivíduos que comem muito carboidrato podem sofrer para promover a devida quebra das moléculas. Desta forma algumas vão parar no intestino que não possui enzimas para a quebra de carboidratos. Com isto os carboidratos ficam sendo fermentados por bactérias levando à flatulência.

Quais são os sintomas?

Em média um ser humano adulto produz cerca de 3 litros de gases todos os dias. Isto resulta em mais ou menos 20 gases por dia. Estes gases precisam ser eliminados caso contrário podem provocar muita dor. Na grande maioria das vezes eles são eliminados pelo ânus podendo também saírem pela boca na forma de arrotos.

Algumas pessoas sofrem mais do que outras com o problema. Por exemplo indivíduos com uma dieta baseada em muita fibra e carboidrato estão mais vulneráveis a tanto sendo que precisam beber bastante água. Os gases quando não eliminados provocam distensão no abdômen e desconforto além de dores significantes em pontadas. Pessoas geneticamente predispostas sofrem ainda mais com a condição assim como intolerantes à lactose ou ao glúten.

De uma forma geral portanto os sintomas são desconforto gástrico distensão abdominal azia barriga pesada arrotos e cólica. O desconforto pode ser intenso sendo até mesmo confundido muitas vezes com crises renais.

Dores de gases o que fazer?

Existem várias modalidades de tratamento disponíveis. No entanto muitas vezes com simples mudanças nos hábitos de alimentação é possível ver resultados. O importante é não se automedicar sendo fundamental procurar um médico antes de dar início a qualquer tratamento.

Em casos de dor intensa saia para uma caminhada pois ajuda a estimular os movimentos do intestino. Tome uma xícara de chá e fique tranquilo evitando segurar qualquer tentativa de eliminação de gases. Quando os gases se movimentam eles podem provocar dor portanto caso tenha obtido orientação médica faça uso dos fármacos recomendados. Além disto algumas mudanças nos hábitos cotidianos podem ajudar a evitar a formação dos gases.

Prevenção

Certos alimentos favorecem a formação de gases como o feijão a lentilha a ervilha e outras leguminosas. Isto porque são ricas em carboidratos não absorvíveis e tendem a fermentar dentro do intestino. Uma dica neste caso é deixar as leguminosas de molho de um dia para o outro em água pois o amido quando mal cozido promove a formação de gases.

Outra dica importante para evitar flatulência é comer de boca fechada e mastigando muito bem os alimentos. Ao falarmos acabamos engolindo ar o que favorece a formação de gases. Além disto o alimento bem mastigado ajuda a digestão. Os alimentos ricos em fibras também favorecem a formação de gases no entanto eles são ótimos para a saúde e para o emagrecimento. O ideal é sempre combinar a ingestão deles com muita água de forma a facilitar o trânsito intestinal e de hidratar o intestino.

Vale a pena destacar novamente o papel da caminhada tanto na prevenção quanto no tratamento de gases em excesso. O ato de caminhar estimula os movimentos próprios da digestão evitando com isto o acúmulo de alimentos no caminho e a fermentação dos mesmos. Por fim preste atenção aos alimentos que mais lhe causam gases. Você não precisa e nem deve parar de comê-los no entanto você aprende a evitá-los em certas ocasiões.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here