É possível ter orgasmos com sexo anal?

Antes de mais, e isto é mais dirigido às mulheres visto que para algumas é um assunto delicado, é importante que tenha noção que não tem de se sujeitar a algo que não gosta ou a deixa desconfortável só para agradar o parceiro. Numa relação tem de haver confiança e intimidade o suficiente para que os limites não sejam ultrapassados e o bom senso para saber o que é compatível a ambos. Há mulheres que não gostam de praticar sexo anal por três motivos básicos: por sentirem dor, não conseguirem obter orgasmos e medo da sujidade. Ainda que possam existir constrangimentos, saiba que são possíveis de contornar, mas acima de tudo, é extremamente necessário que a mulher esteja confiante dela própria e sem qualquer tipo de transtornos para assim poder usufruir de um bom momento. Saiba como…

Preservativo
O ânus é uma região que, por natureza, está contaminada. O homem pode apanhar uma infeção muito facilmente e a mulher também caso o pénis retorne à vagina. Esta não tem a capacidade de combater as bactérias pelo que, todo o cuidado é pouco.

Clister
Se o problema é o de acontecer algo desagradável e que possa estragar um bom momento, nada como dirigir-se a uma farmácia e comprar um clister. Há uns de tubo estreito acoplado ou em forma de vela que, segundo a maioria, não dói e são a preferência.

Posições
Aqui deverá ser a mulher a escolher a melhor e a que faça sentir-se bem. O pénis deverá entrar num ângulo de 90 graus em relação ao corpo da mesma, sendo que deverão ajustar conforme estejam mais confortáveis. Por norma quem recebe orienta após testar os movimentos. Leia aqui quais as melhores posições para a prática de sexo anal.

Lubrificantes
São essenciais e vão ser uma preciosa ajuda. Coloque na região anal e com ajuda de um dedo também pode colocar um pouco no orifício. Passe igualmente no clitóris para ajudar na fase seguinte.

Masturbação
Esta dica é extremamente eficaz! Aquando a penetração, que deverá ser feita devagar e com calma, a mulher (ou o homem) deve estimular o clitóris. Esta sensação de prazer vai automaticamente deixar a mulher menos nervosa e ansiosa e, por conseguinte, fazer com que haja um relaxamento em torno do ânus. Este possui várias terminações nervosas e quando há uma contração do ânus a dor é inevitável. O ideal é que a mulher se masturbe enquanto é penetrada e o orgasmo virá naturalmente. Aliás, em muitas situações é bem mais rápido de atingir que o sexo vaginal.

artigo do parceiro:

LEAVE A REPLY