é preciso continuar com ela?Epoch Times em Lusitano

0
30

Em direção a síndrome do tripa irritável (SII), também chamada do que síndrome do cólon irritável, colite nervosa ou neurose cólica, é um distúrbio funcional do tripa grosso.

Distúrbio funcional é aquele que não é devido em direção a infecções, alterações bioquímicas ou no sentido de alterações anatômicas patológicas, mas que caracteriza-se somente entre desequilíbrios em algumas funções com um órgão.

Leia também:

• Indigestão, acidez, enjoo? Exagerou? Veja os chás salvadores

• Descubra quais probióticos são certos para você

• Entenda essa doença celíaca e intolerância ao glúten

Na SII há hipersensibilidade e desequilíbrio nas funções do tripa grosso (cólon), em privativo ligadas com destino a alterações em seus movimentos e em suas contrações: existe uma intensidade exacerbada tanto nas contrações uma vez que nos movimentos naturais do cólon. Isso consequência em sintomas uma vez que cólicas intestinais, gases, tensão abdominal, e constipação e/ou andaço, ocasionalmente alternadas.

Ao preço de SII é um distúrbio que NÃO evolui para doenças intestinais mais sérias, porquê as ulcerativas, o cancro do cólon ou outras, desta maneira, não há risco qualquer para no sentido de pessoa, ainda que os sintomas sejam excessivo incômodos. Entretanto, o diagnóstico distintivo precisa ser conduta, com o propósito de sejam eliminadas outras rendimentos dentre doenças ou distúrbios gastrointestinais com sintomas semelhantes.

Abordagens

Com destino a medicina convencional é fechado em concordar que levante seja um distúrbio do que características psicogênicas (que tem sua origem na mente e nas emoções da pessoa), assim, verbi gratia, quê o Dr. Drauzio Varella: “No sentido de interação entre fatores psicossociais e em direção a síndrome [do cólon irritável] permanece especulativa”. Ao igual tempo, percebe que os fatores emocionais têm grande relação com o distúrbio: “Crianças que sofreram abusos sexuais, físicos ou psíquicos têm mais probabilidade do que desenvolver os sintomas dentro de horizonte.” [(Varella) – http://drauziovarella.com.br/drauzio/sindrome-do-colon-irritavel/)]

De fato, através de considerar e abordar o pessoa uma vez que um ser essencialmente biológico, para medicina ortodoxa tem um planura numeroso estreitado para relacionar variáveis desde diferentes âmbitos e compreender suas interações e resultados; quer dizer: ao dar vário mais influência ao contexto biológico e vário menos ao psicossociológico, aos médicos, em universal, escapa com destino a oportunidade dentre observar com amplitude e profundidade os verdadeiros fatores causais a doenças porquê essa.

No entanto, estudiosos e bons profissionais da extensão da psicologia, das terapias alternativas com abordagens mente-corpo, e da psicossomática percebem claramente essa relação entre os estados psicológicos e em direção a SII. Sem embargo, apenas bons profissionais dessas áreas são capazes desde levar para pessoa no sentido de encontrar seus próprios núcleos emocionais vinculados à SII , uma vez que muitas pessoas restantes profissionais tendem para admitir na direção de visão superficial a que isso é um distúrbio funcional do que causas desconhecidas, susceptível desde trazer somente seus sintomas controlados através do que remédios, psicoterapia e reeducação fomentar. (Veja um supimpa cláusula acerca de SII, essa lascar da visão da medicina tradicional chinesa: Medicina chinesa é ótima opção para lidar doenças intestinais)

Assim sendo, no sentido de solução definitiva para aqueles que desejam sanar-se da SII é encontrar um profissional que os auxilie no sentido de perceber os núcleos emocionais vinculados ao manifestação do que sua SII.

Tão somente através da compreensão profunda desde suas emoções conflituosas, a suas reações e comportamentos condicionados que mantêm o senhor tripa confuso é que será verosímil para uma pessoa modificar o padrão da alma que vem alterando significativamente o atividade com respectivo tripa e sistema digestório (efetivamente, hoje sabe-se que em direção a SII não envolve simplesmente o tripa grosso, mas principalmente no sentido de totalidade do tubo nutrir, que leva a contar de o esôfago até o ânus).

Sarar-se da SII (assim uma vez que a qualquer outra doença ou distúrbio)significa restaurar as anais vinculadas ao sô apresentação, e alcançar as formas com reação-padrão (comportamentos) que se estabeleceram daquele momento em diante na pessoa, porque estes comportamentos acompanham-na 24 horas sobre dia, determinando sempre as reações do respectivo tubo cevar e seus sintomas associados, uma vez que espasmos, cólicas, lentidão em cima de movimento peristáltico, prisão dentre ventre, destempero etc.

Por questão cevar

Algumas gente que têm SII podem expor que quando comem certos provisões, porquê laticínios, pimentas, chocolates, glúten e mais, passam defeituosamente dos entranha, tendo reira, cólicas, enjoo etc, e isso é realmente verdade.

O caso é que seus entranha encontram-se irritados e hipersensíveis cronicamente e qualquer incitação mais intenso ou irritante produz um desarranjo intestinal. Dessa maneira, ainda que busquem o caminho evidente para dissolverem os padrões emocionais que causam no sentido de SII, elas precisam cuidar dos entranha, tornando-os menos irritados, mais relaxados e calmos, enquanto não alcançam para saúde lapidar. É isto posto que uma alimento suave e sem mantimentos irritantes ou alergênicos é ideal até que no sentido de tratamento interno se processe: frutas desde sabor suave, legumes feitos em o vapor, arroz integral e poucos condimentos são indicados; e, no entanto, provisões irritantes devem ser evitados, uma vez que refrigerantes, doces, chocolates, frituras, pimentas, leite, provisões gordurosos e restantes.

O chá desde hortelã e mormente o óleo principal do que hortelã-pimenta (mentha piperita) têm ótimos resultados na SII, aliviando as tensões intestinais, as cólicas, os espasmos, na direção de ingurgitamento abdominal e os gases.

Publicamos nessa semana um ótimo item com relação a as bases alimentares convicções para que tem SII; vale numeroso para pena ler: 9 super dicas ao contrário de o Tripa Irritável

Em direção a preocupação

Realmente que uma alimento saudável e suave seja diferente benéfica essa a humanidade e principalmente em direção a que sofre a SII, essa mente é ainda mais crucial num processo.

Que tem SII vive preocupado com tudo o que come e, muitas vezes, torna-se temeroso a contar uma vida social normal, porque teme passar defeituosamente e trazer reira onde ou que vá, sentindo-se constrangido.

No sentido de preocupação em relação aos possíveis víveres prejudiciais e com com destino a revelação dos sintomas – cólicas, gases, caganeira – passa em direção a envolver uma grande secção da vida a qual tem SII, provocando um desgaste emocional/mental contínuo.

Aliás, torna-se um paisagem negativo em relação à intensificação das crises, porque o pavor e para tensão geradas pela auto-sugestão dentre que os provisões lhe farão incorretamente, tendem no sentido de produzir ainda mais tensão e hipersensibilidade nos miúdo.

Consequentemente, uma das grandes ajudas que no sentido de pessoa pode dar essa si mesma é deter dentre interferir nos processos alimentares, tentando controlar tudo, preocupando-se com qualquer coida que come, procurando safar-se disso ou daquilo; ela precisa deixar que teu próprio organização “decida” o que pode ou não manducar, o que lhe faz muito ou não, porque por fim não são realmente seus barrigada que estão doentes, mas seus condicionamentos emocionais negativos que precisam ser curados e deixarem a afetar seus buchada.

…….

Ao preço de SII realmente tem tratamento, mas para isso é necessário que na direção de pessoa queira, dentre trajo, deslindar o que desencadeou oriente distúrbio em si mesma e cure-se definitivamente depois desde conseguir no sentido de tratamento do que seus sentimentos e para normalização desde seus comportamentos.

Compartilhar
Artigo anteriorÉ verosímil subsistir meramente do que vontade?
Próximo artigoé preciso educar as formas com trabalhoEpoch Times em Lusíada

Deixe uma resposta