Educação Física além do óbvio

    0
    61

    Na 3ª série a Educação Física busca mobilizar os alunos para uma prática regular e reflexiva a respeito de jogos ginásticas lutas e danças. Em 2015 como forma de enriquecer as experiências e a participação ativa do estudante propus como fechamento do curso e instrumento de avaliação formativa um exercício de autoria e síntese de habilidades que com certeza irão fomentar novas ideias para o curso em 2016.

    O “Trabalho de Autoria” possui duas etapas sendo a primeira a redação de um projeto em grupos pequenos formatado dentro do rigor da elaboração de trabalhos acadêmicos no Ensino Médio que revele uma problematização nos campos da saúde qualidade de vida ou outros no âmbito das atividades físicas e sustente a criação de uma empresa a sua finalidade a justificativa o seu nome ou razão social além do segmento de atuação no mercado: Saúde Lazer e/ou Atividades Físicas.

    A afinidade experiência e/ou vivência pessoal mínima dos integrantes com a proposta é algo relevante na segunda etapa cujo foco é a redação da problematização a coerência dos dados e da criação de um serviço útil para dar conta da demanda percebida. O levantamento de dados e informações com referências de consulta fidedignas e a demonstração de conceitos corretos sobre gestão da atividade física aprendidos na Educação Física constituem critérios de avaliação importantes. Neste texto a “empresa” deverá ainda planejar e descrever uma “aula modelo” de 50 minutos de duração organizada no cronograma do curso para demonstrar a ideia criada para a sua sala/classe com descrição detalhada dos objetivos das atividades espaços recursos materiais e audiovisuais necessários (dentro do possível). Os textos são analisados nas aulas de Português em conjunto com Educação Física. Nessa segunda etapa o foco é a demonstração de autonomia e de habilidades relacionadas com a socialização de saberes de comunicabilidade e envolvimento prático dos integrantes na execução da “aula modelo”. Os retornos aos alunos se desenvolvem em rodas de conversas e reflexões sobre pontos positivos e para melhorar.

    Dessa forma acredito revisitar o acervo cultural motor as experiências de comunicação o planejamento antecipado a expressão pessoal o poder de síntese e a coerência nos registros das ideias da problematização e consequente proposta de atuação em um segmento de relevância social presente nas bases da área da Educação Física (saúde lazer e atividades físicas) suscitando no aluno as habilidades de autocrítica e de exploração de suas potencialidades.
    Matéria publicada no site Estadão

     

    Esta matéria foi produzida no site ativo.com

     

    LEAVE A REPLY