ESTENOSE | Crânio Mitral Uretral e outras…

    0
    58

    Estenose você conhece essa doença?

    Estenose é o nome que se dá a alguma anormalidade do órgão ou parte do corpo. Pode ser problemas no vaso sanguíneo ou condições genéticas.

    Existem vários tipos de estenose como a uretral renal cervical lombar crânio facial e mitral. O tipo da doença vai variar de acordo com o local que o problema se desenvolver.

    A estenose mais comum e que ganhou grande espaço na mídia é a estenose crânio facial problema que afeta a filha de Roberto Justus e Ticiane Pinheiro.

    Esse tipo de estenose gera problemas no crescimento da cabeça e acontece também por dificuldades nas alterações dos ossos e não está ligado a síndromes é um problema que acontece sem ser recorrente a outras patologias médicas.

    Para a estenose de esôfago a dificuldade aparece quando a saliva ou alimento não tem a passagem normal para o esôfago.

    Existem pesquisas que indicam que a doença afeta duas mil crianças em todo o mundo. O problema acontece três vezes mais em homens do que nas mulheres.

    Não há como dizer se a patologia tem cura ou não pois são inúmeros tipos de estenose que existem. È importante sempre que o médico após todo o processo de avaliação e destinação de possíveis causas e tratamentos possa orientar o paciente e a família sobre as informações de cura ou se o paciente deverá realizar tratamento por longa e se é possível conduzir uma vida na melhor forma possível.

    estenose valvula aortica

    Como se da a formação da doença?

    As causas e motivo da doença variam de acordo com a região onde a doença se manifesta.

    Aos pacientes de estenose crânio facial a causa é má formação genética e não há estudos que comprovem os motivos da manifestação da doença.

    Alguns estudos apontam que para os casos onde a mãe é fumante e fez uso de cigarros durante a gestação é possível que tenha mais chances de dar á luz a um bebê com a estenose de crânio facial pois o tabaco diminui o oxigênio que passa para o feto na gestação.

    Sintomas

    Cada tipo de estenose apresenta uma relação de sintomas que são específicos de cada patologia. No caso de estenose de esôfago a fadiga e a dificuldade de produção de saliva são sintomas relacionados ao problema. Além disso o paciente pode perder peso e ter tosse frequentemente.

    Já os pacientes que sofrem da doença com problemas no crânio facial apresentam as características assim que nascem onde é possível observar os olhos dos bebês que são bem afastados um do outro.

    Outro sintoma do problema crânio facial é que o espaço entre a boca e nariz é menor do que em pessoas que não passam pelo problema. A cabeça do paciente também fica em um formato diferente do que o normal e segue mais alongada.

    Esses sintomas são visivelmente identificados assim que a criança nasce.

    Como é feito o diagnóstico

    A definição da medicina no diagnóstico de cada patologia via depender de onde o problema se desenvolveu.

    Para os pacientes que sofrem da estenose crânio facial além das características que são visíveis é necessário um estudo por meio de radiografias e tomografias do crânio. Alguns casos são necessários e importantes a ressonância magnética onde o exame contribui para identificar outras anormalidades.

    Nos casos de estenose no esôfago o paciente passa por endoscopia digestiva junto com exames de imagem como o raio X onde é possível realizar avaliação das prováveis causas da doença.

    Em casos avançados é necessário que o paciente faça biópsia para apurar possíveis suspeitas de tumores no local.

    estenose mitral

    Como é feito o tratamento

    Pacientes que sofrem do problema no crânio facial devem realizar processo cirúrgico para que possa afastar a sutura óssea onde está a estrutura dos ossos da cabeça que depois disso permite ao paciente que o cérebro tenha mais desenvolvimento.

    Alguns pacientes chegam a realizar até três cirurgias durante a infância e adolescência para que o resultado estético e também da saúde e correção do problema sejam satisfatório.

    Usar aparelho na dentição pode ajudar na prevenção de desalinhamento dos dentes e não compromete os músculos da mastigação e articulação.

    Já os pacientes que sofrem da patologia no esôfago o tratamento pode ser feito por meio de dilatações durante uma endoscopia.

    Se houver lesões o processo deve ser cirúrgico para corrigir os problemas.

    Alguns casos são realizados processos de radioterapia e também alguns pacientes colocam próteses para permitir que os alimentos passem nos órgãos corretamente.

    Como prevenir

    A estenose seja qual a fora região que afeta no corpo do paciente não apresenta modos preventivos que possa ajudar o paciente a evitar o problema.

    Descoberto o problema é indispensável a procura de médicos que possam analisar cada caso e apresentar as soluções de tratamento.

    É uma doença que afeta também o lado psicológico tanto do paciente quanto da família. Em alguns casos é importante realizar junto ao tratamento da doença um acompanhamento psicológico.

    Deixe uma resposta