Exame da Ureia e Creatinina

    0
    114

    O que é o exame de ureia e creatinina?

    A creatinina e a ureia são substâncias presentes na circulação de todos os seres humanos e podem ser dosadas através de um exame de sangue ou de urina. O exame de ureia e creatinina é indicado sempre que houver suspeitas de alguma disfunção nos rins.

    A partir das proteínas provenientes da alimentação a creatina fosfato é produzida. Esta é uma espécie de combustível para os músculos de forma que eles possam realizar as tarefas cotidianas. A creatina fosfato é armazenada nos músculos e produzida pelo fígado. Mesmo quando estamos sentados os músculos estão exercendo determinadas funções consequentemente consumindo energia. Por isso a creatina fosfato é de extrema importância para o corpo humano. Da creatina fosfato produz-se uma espécie de lixo metabólico chamado de creatinina. Portanto depois de usada a creatina fosfato é transformada em creatinina e deverá ser eliminada através da urina.

    A ureia é também proveniente da metabolização de proteínas e assim como a creatinina ela deve ser eliminada pelos rins. O exame de creatinina e ureia é destinado ao estudo do estado dos rins visto que quando há disfunções nestes órgãos há alterações nos índices das substâncias em questão.

    Quando é indicado?

    O exame de creatinina e ureia é indicado sempre que houver suspeitas de alguma condição que esteja atrapalhando o bom funcionamento dos rins. Oexame de ureia e creatinina mais eficiente método de diagnosticar uma doença renal é através deste exame.

    Pessoas que sofrem de hipertensão diabetes que tenham mais de 50 anos histórico de doença renal na família que usem anti-inflamatórios cronicamente que tenham anemia edemas doenças cardíacas ou infecção urinária frequente devem ser submetidas ao exame. Além disto obesos e fumantes devem ter atenção pois estão também enquadrados no grupo de risco para doenças renais.

    Diante de sintomas como fadiga dificuldade para dormir inchaço urina espumosa ou com sangue pouco volume de urina dor nas costas e queimação ao urinar um médico deve ser consultado.

    Como é o procedimento?

    O exame é simples e rápido além de ser praticamente indolor. Para tanto uma amostra de sangue é colhida para posterior análise em laboratório. A análise também pode ser feita em uma colheita de urina do paciente no entanto geralmente o procedimento é feito com uma amostra de sangue.

    Tanto a creatinina como a ureia são produzidas constantemente pelo corpo e liberadas no sangue para através dos rins serem eliminadas pela urina. Portanto caso os rins não estejam funcionando corretamente as substâncias vão se acumulando no sangue. Por isso a amostra de sangue é colhida para que a quantidade das substâncias sejam medidas.

    Quais são os preparativos?

    Para a realização do exame é necessário apenas fazer um jejum de no mínimo 8 horas e no máximo de 16 horas. O procedimento é simples rápido e praticamente indolor sendo que uma amostra de sangue será colhida da veia do braço para tanto.

    Em algumas circunstâncias pode-se também solicitar um exame de urina para comparação. Importante lembrar que o profissional deve ser informado de todos os medicamentos dos quais se faz uso de forma a não haver interação e de não atrapalhar os resultados.

    Riscos e efeitos colaterais

    Não há riscos nem efeitos colaterais envolvidos no exame de creatinina e de ureia. O procedimento é bem simples e rápido sendo que apenas uma leve picada é percebida no momento da introdução da agulha.

    De acordo com os níveis detectados após a análise em laboratório algumas medidas podem ser requeridas de forma a dar início ou não ao tratamento mais adequado. Todos os medicamentos utilizados no dia a dia devem ser informados antes do procedimento para que não haja efeitos colaterais ou reações adversas.

    O que ocorre após o procedimento?

    Após o procedimento a pessoa está liberada para voltar para casa. A amostra será estudada em laboratório e os rins serão diagnosticados. Os níveis normais de creatinina ficam entre 06 e 13 mg/dL no entanto os níveis podem variar dependendo por exemplo se a pessoa é um atleta ou sedentária.

    O sexo a idade do paciente e o peso também devem ser considerados para a análise da amostra e para o devido diagnóstico. Em geral níveis de creatinina acima de 15 ou 16 mg/dL representam doença renal.

    Após o procedimento é possível saber portanto o estado de saúde dos rins do indivíduo. Em casos de insuficiência renal doenças musculares e uso abusivo de medicamentos por exemplo o nível de creatinina costuma dar elevado. Já em casos de doenças hepáticas o nível de creatinina costuma ser menor do que o normal.

    Com relação à ureia os valores ficam entre 15 e 45 mg/dL. Valores aumentados de ureia podem indicar insuficiência renal tumores traumas e infecções por exemplo. Já níveis diminuídos podem estar ligados à insuficiência hepática desnutrição ou doença celíaca.

    NO COMMENTS

    LEAVE A REPLY