Exame DHEA

    0
    167

    O que é o exame DHEA?

    O DHEA ou dehidroepiandrosterona é um hormônio produzido a partir do colesterol pelas glândulas adrenais. Em mulheres consideradas saudáveis o hormônio é exclusivamente produzido no córtex adrenal já nos homens considerados saudáveis o córtex adrenal é um dos sítios produtores.

    A principal função do DHEA é servir de precursor para a produção dos hormônios sexuais ou seja através de uma série de reações o DHEA acaba sendo transformado em testosterona um hormônio masculino ou em estrona e estradiol hormônios femininos.

    Além desta função o DHEA quando secretado na corrente sanguínea atua em diversos sistemas sendo um fator consideravelmente importante no combate a inflamações e ao envelhecimento por exemplo. O DHEA também possui ação antidepressiva e vasodilatadora.

    A produção de DHEA varia com o passar dos anos sendo que na terceira idade atinge seu pico mais alto caindo daí em diante com o decorrer do tempo. O hormônio DHEA existe na forma livre e na forma ligada ao sulfato constituindo-se assim em DHEA-S. Os níveis da forma livre do hormônio ou seja os níveis de DHEA podem variar ao longo do ciclo menstrual por isto deve-se saber o período do ciclo antes da colheita para o exame. Já a forma ligada ao sulfato não apresenta variações. O exame DHEA é portanto um teste sanguíneo que tem como finalidade avaliar os níveis de DHEA no sangue de indivíduos com suspeitas de certas condições.

    exame dhea

    Quando é indicado?

    O exame DHEA é indicado em casos de suspeitas de condições que envolvam as glândulas adrenais visto que os níveis do hormônio têm relação com o bom funcionamento dessas glândulas.

    A grande maioria dos problemas ocorre quando há produção excessiva do hormônio no entanto a baixa produção também pode levar a algumas condições preocupantes. De acordo com os sintomas que se está sentindo e de acordo com os sinais que o corpo está emitindo o médico pode ou não solicitar a realização deste exame. É muito importante realizar os exames de rotina e consultar um médico periodicamente de forma a manter o organismo o mais monitorado e protegido possível.

    Como é o procedimento?

    O procedimento é bastante simples e rápido além de ser praticamente indolor. Todos os homens e mulheres com suspeitas de condições que envolvam os níveis adequados de DHEA devem ser submetidos ao teste.

    No dia do exame é necessário comparecer à clínica na hora marcada no entanto não é preciso ir acompanhado visto que o procedimento é bem simples. A coleta será feita depois de 4 horas de jejum e de preferência o sangue a ser colhido deve ser o da manhã.

    Todos os medicamentos de uso cotidiano devem ser informados antes do procedimento especialmente se a pessoa fizer uso de corticosteroide. Os resultados saem em média depois de 1 dia e os valores de referência variam de acordo com a idade e o sexo do paciente.

    Quais são os preparativos?

    Por ser um teste de sangue bastante simples não há necessidade de muitos preparativos para a realização do exame DHEA. O indicado é que seja feito um jejum de 4 horas antes do exame. Recomenda-se também que o sangue colhido para análise seja o da manhã por isso o ideal é marcar o exame o mais cedo possível.

    Todos os medicamentos utilizados cotidianamente devem ser informados antes da realização do exame pois alguns fármacos podem reagir de determinada forma e acabar atrapalhando o resultado do exame. Não é preciso comparecer à clínica acompanhado e o resultado tende a sair em até 24 horas. Na grande maioria das clínicas é possível pegar o resultado pela Internet.

    Riscos e efeitos colaterais

    Não há riscos e efeitos colaterais envolvidos no exame DHEA. O procedimento é realizado com o intuito de investigar patologias que estejam afetando o bom funcionamento das glândulas adrenais portanto após a análise em laboratório algumas medidas podem ser exigidas para que o tratamento mais adequado tenha início.

    Diante de dores ou incômodos um médico deve ser procurado no entanto o exame é bastante simples e não irá surtir efeito negativo algum no corpo do paciente. Antes da realização do mesmo é importante informar todos os medicamentos que são tomados cotidianamente de forma a evitar reações adversa e resultados errôneos.

    O que ocorre após o procedimento?

    Após o procedimento a pessoa está livre para retomar as atividades do dia a dia. Os valores de referência para DHEA são de 80 a 550 ug/dL para homens. Para mulheres os valores de referência variam de acordo com a idade e o período do ciclo menstrual portanto após o resultado do exame um médico deve ser consultado.

    Não deixe de realizar os exames de rotina e de consultar um médico periodicamente de forma a manter o organismo monitorado e a saúde o mais protegida possível. Fique atento aos sinais que o corpo emite e procure por um médico diante de quaisquer sintomas.

    Deixe uma resposta