Frieira

0
78
O que é a frieira

Esta condição é também conhecida por muitos como “pé de atleta”. A frieira é muito incômoda e pode ser um tanto quanto vergonhosa. Saber lidar com a situação e prevenir o surgimento de frieiras é algo fundamental.

A condição é caracteriza pela presença de alguns fungos na pele do indivíduo. Os lugares que mais comumente são atacados são as regiões entre os dedos das mãos e dos pés. As frieiras acometem tanto homens quanto mulheres de todas as idades. No entanto é muito mais frequente entre o sexo masculino.

O clima influi bastante na predisposição para o quadro. Em locais mais quentes e úmidos as frieiras estão mais presentes. A condição recebe o nome popular de “pé de atleta” pois é muito comum em esportistas. Para que o fungo prolifere ele necessita encontrar um ambiente úmido quente e escuro. Indivíduos que praticam esportes com tênis acabam por criar um habitat ideal para o desenvolvimento destes microrganismos.

Quem já teve frieira provavelmente terá novamente. Para contornar a situação é preciso aprender a investir na prevenção. Além disto os mecanismos que servem de gatilhos devem ser descobertos e evitados.

Como ela se forma

O agente causador da condição é um fungo chamado Tricophyton. Este consegue atacar a pele em praticamente todos os lugares do corpo humano. Ele provoca manchas redondas e vermelhas que descamam depois de um tempo. As manchas coçam e doem caracterizando um quadro comum de frieira. Quando a complicação aparece na virilha de um indivíduo recebe o nome de “coceira de jóquei”. Nestes casos além da coceira há também um inchaço característico.

As frieiras são transmitidas de pessoa para pessoa. É importante ter cuidados com vestiários e piscinas públicas por exemplo. Geralmente o fungo prefere se estabelecer entre os dedos dos pés. A frieira se parece com uma queimadura sendo que coça arde e incomoda. Os fungos adoram os ambientes úmidos quentes e escuros. É necessário ter atenção. Além disto o contato com objetos contaminados roupas e toalhas também pode levar alguém a desenvolver o quadro. Para se prevenir da frieira é preciso adotar algumas medidas.

Como evitar

Segue abaixo algumas dicas para evitar o surgimento de frieiras:

  • Depois de tomar um banho seque muito bem todas as partes do seu corpo principalmente entre os dedos;
  • Utilize meias de algodão e não as de tecido sintético;
  • Troque com frequência de meias;
  • Sempre que possível faça uso de chinelos e de sandálias pois favorece a ventilação e dificulta a umidade;
  • Fique atento à condição das unhas de seus pés. Caso estejam grossas ou com coloração estranha entre em contato com um profissional;
  • Não realize auto-medicação. A aplicação de cremes e de pomadas deve ser feita quando da orientação de um médico;
  • Evite pisar descalço em banheiros vestiários e em piscinas públicas. Utilize sempre um chinelo nestes locais;
  • Estabeleça bons hábitos de higiene. Esta medida irá manter você e sua família longe de uma variedade de enfermidades e de complicações.
Compartilhar
Artigo anteriorCoceira na Virilha
Próximo artigoAnosmia

Deixe uma resposta