Gastroparesia

    0
    100

    O que é gastroparesia?

    É uma condição caracterizada pelo lento esvaziamento do estômago sem qualquer obstrução do tipo mecânica. A palavra gastroparesia é relativa à “gastro” que significa estômago e à “paresia” que significa incompleta paralisia. A gastroparesia afeta igualmente homens e mulheres e dentre as mais comuns causas podemos destacar hipotireoidismo diabetes cirurgias abdominais cirurgias de úlceras gástricas e pós-operatório de cirurgia para remoção de parte do estômago por exemplo.

    Os sintomas mais comuns quando de gastroparesia são sensação de estômago cheio dor na barriga desconforto na barriga e peso no estômago. Além disso pode-se também sentir náuseas e saciedade precoce assim como é como haver eructação e perda de peso não intencional quando da condição.

    Diante desses sintomas um médico deve ser procurado de forma a identificar o que vem provocando a condição. O diagnóstico deve ser estabelecido e o tratamento irá variar de acordo com a causa da gastroparesia. Quando esta é provocada por infecções por exemplo é normal haver cura espontânea depois de um tempo. Quando é provocada por uma diabetes espera-se que com o devido controle glicêmico a condição melhore. Na grande maioria das vezes o prognóstico é positivo.

    Como se adquire?

    Podemos destacar como as mais comuns causas da condição hipotireoidismo diabetes cirurgias de úlceras gástricas cirurgias abdominais e Gastroparesiapós-operatório de cirurgias para remoção de parte do estômago. Além disso a condição pode ser provocada por alguma infecção viral.

    Da mesma forma a gastroparesia pode ser uma decorrência de doenças reumatológicas de colagenoses de insuficiência renal aguda de neoplasias de hipotireoidismo de doenças neurológicas com comprometimento do estômago ou pode ser um efeito colateral de medicamentos como antidepressivos.

    Sintomas

    Os mais comuns sintomas da gastroparesia são sensação de plenitude mesmo sem ter comido tanto peso no estômago dor no abdômen e desconforto abdominal. Além disso pessoas que sofrem com a condição tender a perder peso involuntariamente e a terem hipoglicemia.

    A gastroparesia pode também provocar eructação náuseas vômitos e saciedade precoce. Diante desses sintomas é muito importante buscar por ajuda médica pois a gastroparesia pode ser um sintoma de algo mais preocupante. Ademais é preciso averiguar com atenção o que vem provocando a condição e os danos que estão sendo causados ao organismo.

    Diagnóstico

    O diagnóstico da gastroparesia é baseado no estudo dos sintomas na realização de exames em testes físicos e na exclusão de outras condições que provocam os mesmos sintomas por exemplo úlceras pépticas ou neoplasias.

    Para o devido diagnóstico geralmente é realizado um teste para exclusão de diabetes e de hipertireoidismo. Após isso costuma-se pedir alguns exames de imagem como a radiografia simples de abdômen. Outra alternativa para o diagnóstico de gastroparesia é a endoscopia digestiva alta que também permite um estudo da mucosa duodenal e da mucosa gástrica. Por fim um exame muito efetivo para documentação do tempo para esvaziamento do estômago é a cintigrafia no qual o indivíduo ingere algo com tecnécio radioativo e pode-se avaliar o tempo que demora para o contraste sair do estômago.

    Tratamento

    O tratamento da gastroparesia visa a correção daquilo que vem provocando o lento esvaziar do estômago além de uma redução dos sintomas e uma melhora no estado nutricional do indivíduo de forma a evitar complicações. Pacientes que tenham gastroparesia por decorrência de diabetes devem ter a glicemia controlada. Da mesma forma pode-se buscar por medicamentos que evitem o retardo gástrico.

    Em algumas situações a gastroparesia pode necessitar de uma cirurgia para o devido tratamento. São várias as alternativas de cirurgia para o tratamento da condição por exemplo a piloroplastia que consiste em mudar a passagem do alimento para o duodeno a gastrectomia que consiste em fazer uma ressecção de todo ou de parte do estômago a gastrojejunostomia que consiste em fazer uma passagem alternativa do estômago ao intestino delgado ou a colocação de um cateter para administração dos alimentos já em casos mais graves da condição.

    Além disso durante o tratamento é indicado aumentar o número de refeições mas sempre com volume baixo de alimentos. Por fim deve-se evitar alimentos pobres em fibras ou ricos em gorduras dando preferência aqueles de fácil ingestão como itens cozidos.

    Prevenção

    A prevenção da gastroparesia consiste em evitar tudo aquilo que poderia levar à condição. É indicado para paciente com diabetes manter sob controle o nível de glicemia e para as outras pessoas tratar devidamente todas doenças endocrinológicas como alterações metabólicas ou o hipotireoidismo.

    Por fim lembre-se de procurar por um médico diante dos primeiros sintomas de forma a manter o organismo monitorado e dar início ao tratamento mais indicado para cada condição o quanto antes. Nunca realizar automedicação pois a prática pode ser perigosa além de poder mascarar outra condição ainda mais preocupante. Diante de quaisquer sinais converse com um profissional. A grande maioria das condições quando é precocemente detectada tem um prognóstico positivo.

    LEAVE A REPLY