Gestantes podem fazer Exercícios Físicos?

0
55
 Exercícios físicos na gravidez

A prática de exercícios físicos é recomendada para todas as pessoas inclusive para gestantes pois além dos benefícios para a saúde da mamãe os exercícios também beneficiam o futuro bebê.

Apesar de ser recomendado para gestantes deve-se ter atenção ao tipo de exercício que se está praticando de forma a não prejudicar a saúde de ambos. Afinal de contas a mulher está vivendo um período bem particular em sua vida durante a gestação seja físico ou emocionalmente falando e este período deve ser respeitado.

Portanto antes de dar início à prática de alguma atividade física na gestação é fundamental conversar com um médico para verificar se o programa de exercícios desejado realmente será bom durante a gravidez. Além disso os exercícios mais indicados podem mudar de acordo com a passagem dos meses até o nascimento e é bom ficar atenta a esses detalhes.

Por que praticar?

Os exercícios físicos ajudam a reduzir o risco de complicações obstétricas permitem à mãe ter maior controle de seu peso auxiliam na autoestima e reduzem o estresse e a ansiedade característicos desse momento.

Outro benefício da prática de exercícios físicos durante a gravidez é a promoção do tônus muscular o que dá à mulher mais força e resistência para carregar aquela barrigona durante meses assim como pode auxiliar na hora do parto a expelir o bebê. A atividade física durante a gestação ainda ajuda a prevenir a fadiga a prisão de ventre o inchaço e as dores nas costas. Por fim a prática de exercícios físicos pode ajudar a mulher a dormir melhor.

gravidez-atividade-fisica2

Quais são os mais indicados?

As atividades físicas mais recomendadas durante a gravidez são aquelas de baixo impacto com as praticadas na água. Hidroginástica e natação por exemplo são atividades bastante recomendadas para mulheres gestantes.

Para melhorar a flexibilidade e para ganhar mais tônus muscular a mulher grávida pode também apostar na yoga no pilates ou no RPG. No entanto estas práticas podem não ser indicadas em casos de gravidez múltipla ou de trabalho de parto prematuro. Conversar com um profissional é muito indicado antes de dar início à prática de qualquer exercício físico. Os exercícios para tônus muscular e flexibilidade são indicados para ajudar na hora do parto. Já os exercícios de baixo impacto são mais indicados no começo da gravidez.

Depois do parto dependendo se foi uma cesárea ou normal será preciso esperar de 1 a 3 meses para poder voltar aos exercícios físicos que se praticava antes da gravidez. Geralmente a caminhada é liberada logo após o nascimento do bebê e em cerca de 2 meses a mulher já pode voltar a praticar yoga bicicleta natação ginástica e até mesmo musculação.

Quais exercícios não praticar?

De uma forma geral exercícios de impacto não são recomendados durante a gravidez mesmo em casos de já se estar acostumada com os mesmos. Entretanto conversar com um médico pode ajudar a tomar a decisão mais correta já que pode variar de caso para caso.

gravidez-atividade-fisica3A mulher grávida necessita de mais oxigênio do que as outras mulheres pois o feto também precisa para o bom desenvolvimento do seu organismo. Por isso mulheres grávidas não devem praticar exercícios que as deixem ofegantes já que durante a prática de atividades físicas ainda mais oxigênio é solicitado pelo corpo. A musculação não é uma prática recomendada durante a gestação especialmente no caso de cargas muito altas já que é um exercício que pode aumentar a pressão arterial.

Basicamente portanto mulheres grávidas devem evitar esportes de confronto ou os com uso de bola atividades com potencial para quedas e exercícios de impacto. Além disso depois do primeiro trimestre é indicado evitar exercícios que sejam feitos no chão e com a barriga para cima ou ainda exercícios que exijam que a mulher fique muito tempo em pé pois ambos reduzem o fluxo de sangue para o feto.

Outros cuidados

Especialmente mulheres que já tenham tido ameaça de aborto espontâneo em outra gestação bebê prematuro em outra ocasião que corram o risco de um parto prematuro que tenham pressão alta que tenham problemas na lombar que tenham placenta baixa problemas nas articulações do quadril gestação múltipla ou sangramentos fortes devem evitar exercícios durante a gravidez. Nesses casos é indicado procurar alguma outra forma de terapia e ter atenção redobrada à alimentação de forma a reduzir o estresse ansiedade sedentarismo e de evitar o extremo ganho de peso.

Além disso é muito importante para aquelas mulheres grávidas que praticam atividades físicas escolher uma roupa bem leve e fresca para tanto assim como evitar temperaturas muito elevadas. Beber água e manter-se sempre bem hidratada é medida fundamental. Caso vá praticar atividades ao ar livre converse com seu médico sobre o uso de protetor solar pois mulheres grávidas tendem a desenvolver mais manchas de pele do que as outras mulheres principalmente na face.

Deixe uma resposta