Ginástica laboral: bom para empregado e empregador

    0
    55

    O que e ginástica laboral? O termo ginástica segundo Barbanti (1994) -originou-se aproximadamente em 400 A.C. É derivado de GYMNOS que quer dizer nu levemente vestido e geralmente se refere a todos os tipos de exercícios físicos para os quais tem que se tirar a roupa de uso diário. Durante o curso da Historia as interpretações de Ginástica variaram Atualmente o termo esta perdendo seu uso e tem sido substituído por exercício-.

    A palavra laboral vem de labor que significa trabalho e segundo o dicionário Aurélio laborar labutar significa trabalhar duro e com perseverança. Ginástica laboral se refere a exercícios físicos realizados no ambiente de trabalho. Os benefícios são inúmeros tanto para o trabalhador como para as empresas.

    As empresas ganham em melhor rentabilidade produção organização integração eficiência resultados assiduidade etc. O empregado no âmbito da saúde melhora sua mobilidade articular aumenta a força controla melhor o peso corporal diminui a pressão arterial aumenta a auto-estima alivia o estresse diminui a depressão produz mais rende mais tem mais iniciativa e responsabilidade falta menos principalmente por motivos de saúde sociabiliza-se melhor facilitando as inter-relações profissionais.

    É comprovado que a ginástica laboral além de promover saúde bem-estar físico e mental através da atividade física no local de trabalho (diminuindo também dores osteomusculares auxiliando na prevenção de lesões melhorando a aptidão física e desta forma o absenteísmo) contribui também para diminuição do sedentarismo e conseqüentemente reduz os gastos das empresas com investimentos em saúde.

    As grandes empresas estão preocupadas e são favoráveis a realização da pratica de atividades físicas no ambiente de trabalho principalmente por ajudar no combate a um dos maiores males da atualidade que assola a população Mundial que e o sedentarismo! Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) nos EUA 60% das pessoas são sedentárias e no Brasil 70%.

    O sedentarismo pode levar vàrias doenças entre elas as crônico-degenerativas osteoporose obesidade hipertensão arterial depressão etc. É uma das maiores conseqüências e causas de mortalidade hoje. O exercício profissional da ginástica laboral é atividade de direito privativo do profissional de Educação Física conforme legislação que justifica esta posição. Não pode ser confundida com a atuação de fisioterapeutas já que esses profissionais trabalham com pacientes ou seja pessoas que sofrem de alguma enfermidade e necessitam de reabilitação e muitas vezes não estão aptos a executar exercícios físicos ou mesmo trabalhar.

    Em princípio a ginástica laboral trabalha com pessoas saudáveis já que em muitos casos os trabalhadores são submetidos a prévios exames de saúde admissionais para serem contratados e exercerem plenamente suas funções de trabalho. É proibido por lei também a atuação de outros profissionais a de estagiários sem a presença de um profissional de Educação Física devidamente habilitado e credenciado ao CREF. Ambos ao orientar uma atividade física estão exercendo ilegalmente a profissão. Empresas que oferecem a ginástica laboral por pessoas sem orientação e ou credenciamento no CREF estão infringindo a lei e os profissionais podem ser autuados pela fiscalização do Conselho Regional de Educação Física.

    Antes de contratar qualquer empresa ou profissional de Educação Física (prestador de serviço) procure selecionar bem exigindo no mínimo curso de formação superior em Educação Física credenciamento no CREF e experiência comprovada. Você empresário só tem a ganhar experimente implantar um programa de ginástica laboral na sua empresa e revolucionar prioritariamente com saúde e benefícios aos funcionários. E também a sua empresa obtendo excelentes resultados profissionais comerciais e empresariais.

     

    Esta matéria foi produzida no site ativo.com

     

    Deixe uma resposta