Incontinência Urinária

    0
    75

    O que é incontinência urinária?

    É uma condição na qual há perda involuntária de urina pela uretra. O problema é mais comumente enfrentado por mulheres ainda que possa acometer também o sexo masculino. A incontinência urinaria é frequente por volta da quinta e da sexta década de vida de uma pessoa podendo ocorrer em outras épocas.

    As mulheres sofrem mais da condição visto a anatomia de seus corpos. O sexo feminino possui duas falhas consideradas naturais no assoalho pélvico: o chamado hiato vaginal e o retal. Esta característica contribui para que a estrutura muscular que dá sustentação aos órgãos da região pélvica seja mais frágil aumentando as chances de desenvolvimento da condição.

    Quem controla a eliminação da urina é o sistema nervoso autônomo. Este no entanto pode entrar em disfunção devido a doenças na bexiga à obesidade a tumores à gravidez à pressão abdominal à tosse crônica de fumantes e a vários procedimentos cirúrgicos por exemplo.

    É muito importante que diante dos primeiros sintomas um médico seja consultado de forma a avaliar a condição e determinar o que vem causando o distúrbio. Além disto realizar exames de rotina e consultar um médico periodicamente é uma obrigação para todos nós.

    Incontinência Urinária

    Sintomas e diagnóstico

    A incontinência urinaria pode ser dividida em três tipos diferentes. A do que ocorre por esforço possui como sintoma inicial a perda de quantidades de urina quando de algum esforço por exemplo tosse ou risadas. Nesta situação fazer exercícios físicos pode ser bastante complicado.

    Outro tipo de incontinência urinaria é a provocada por urgência. Nestes casos o quadro é mais grave do que o outro acima pois a vontade de urinar é súbita e muitas vezes a pessoa acaba tendo sérios problemas sociais por não conseguir segurar. A incontinência urinaria do tipo 3 é a mista. Esta é uma associação das outras duas e o mais comum dos sintomas é a não capacidade de controlar perda urinária.

    Diante destes sintomas um médico deve ser consultado. O diagnóstico é feito com base no histórico do paciente e através de alguns exames específicos como o urodinâmico no qual a ocorrência das contrações vesicais é registrada assim como a perda de urina sob esforço.

    Tratamento

    O tratamento para a condição depende do tipo de incontinência e da idade do paciente. Incontinências de esforço são basicamente resolvidas por meio de procedimentos cirúrgicos. Exercícios podem ajudar a fortalecer a musculatura e também são bem recomendados.

    A incontinência urinaria de urgência necessita de outra abordagem sendo que geralmente o tratamento é feito com base em medicamentos diversos e através de sessões de fisioterapia. Muitos dos remédios para incontinência urinaria de urgência acabam provocando efeitos colaterais e devem ser utilizados com parcimônia.

    É de extrema importância consultar um médico quando dos primeiros sintomas. A condição pode estar sendo provocada por algo grave como um tumor e todas as alternativas devem ser estudadas e descartadas por um profissional. Geralmente é possível reverter ou controlar o quadro com eficiência basta procurar por quem entende do assunto sem nenhum tipo de hesitação.

    Deixe uma resposta