José Rubens D’Elia: Tudo que é “over” estressa

    0
    25

    Sou um adepto convicto dos benefícios da corrida e sempre faço apologia dessa atividade física e de tudo que ela proporciona ao corpo e à mente.

    Hoje resolvi dar um intervalo para falar de outro aspecto importante: os malefícios do overtraining e da prática descomedida acima dos critérios recomendáveis.

    Quando temos “paixão” por uma atividade física ou não somos movidos por uma energia interna maravilhosa. Essa força é extremamente benéfica e produz resultados positivos se tivermos noção do que é saudável evoluir dos recordes que podem ser

    batidos sem comprometer o nosso limite físico.

    Muitas vezes passamos da linha tênue que separa “superação” do excesso.

    Os primeiros indicadores de que algo não vai bem acontecem quando no lugar do ânimo e disposição diária uma preguiça não costumeira se instala antes do horário da corrida e do treino.

    Por que esse fenômeno ocorre fazendo com que algo tão prazeroso estimulador feito por escolha amor proporcione sensações tão desagradáveis como essas de aversão resistência e total desconforto?

    As respostas estão como sempre dentro de nós.

    Tudo que fazemos precisa ser compatível com o nosso limite. Podemos evoluir todos os dias desde que respeitemos o quanto nosso corpo e nossa mente suporta de cada vez.

    Todo treinamento de qualidade recomenda um dia de folga justamente para desligar o “botão” e proporcionar relaxamento e lazer.

    Como treinador além do dia de descanso recomendo que meus atletas pratiquem outras atividades além da corrida para ter alternância e atuarem como hobby proporcionando o equilíbrio como nadar pedalar entre outras.

    Busque sempre à evolução mas sabendo que “superação” é respeitar os limites é evitar os excessos é ter disciplina para o treinamento e para o dia de descanso. É saber que o rendimento evolui se obedecemos o natural do nosso corpo. E que o resultado pode ser totalmente reverso com queda de desempenho se não forem respeitados os limites do corpo.

    Para correr bem e melhor faça a sua pausa.

    Confira artigos anteriores:

     

    Esta matéria foi produzida no site ativo.com

     

    Compartilhar
    Artigo anteriorFitness: conheça os benefícios da Hot Yoga
    Próximo artigoJosé Rubens D”Elia: escolha seu esporte

    Deixe uma resposta