Laser Spectra

0
297
Manchas escuras na pele

Manchas como pintas e sardas são bastante comuns em crianças e jovens. Pessoas mais velhas geralmente adquirem manchas escuras devido ao próprio processo de envelhecimento. Dentre as manchas que surgem na pele existem aquelas que crescem e mudam de aspecto e de cor e aquelas que permanecem igual por toda a vida.

As manchas escuras na pele podem surgir por vários motivos no entanto na grande maioria das vezes elas são decorrentes da deposição de certas substâncias que deixam o local com coloração mais escura do que o normal. Além disto infecções alterações vasculares acnes exposição solar micoses e até mesmo a depilação pode levar ao desenvolvimento de manchas escuras na pele.

A concentração de melanina em determinadas regiões do corpo pode levar ao desenvolvimento de manchas escuras. A melanina é uma substância que dá cor à pele humana sendo que dependendo da quantidade de melanina no corpo este adquire uma coloração determinada. A melanina pode acabar se concentrando por demais em áreas específicas favorecendo o surgimento de manchas. Isto ocorre especialmente com pessoas de pele clara e as manchas podem estar lá desde o começo da vida ou surgirem com passar do tempo.

Por que surgem?

Grande parte das manchas escuras na pele são decorrentes da deposição demasiada de melanina em determinados locais do corpo. Geralmente a melanina é distribuída igualmente por todo o corpo o que dá a coloração específica da pele de cada pessoa. No entanto quando a distribuição é irregular o pigmento leva à formação de manchas que podem ser escuras quando há acúmulo de melanina na área ou claras quando a melanina vai ficando em falta no local.

Além disto alterações hormonais podem levar ao surgimento de manchas escuras assim como o uso de certos medicamentos ou cosméticos. Em determinados períodos da vida ficamos mais predispostos ao surgimento de manchas escuras tais como durante a gravidez e a menarca por exemplo. A exposição ao sol sem a devida proteção também pode levar ao desenvolvimento e à piora das manchas na pele assim como a genética pode influenciar.

Tipos de manchas de pele

As manchas podem ser do tipo senil sendo neste caso devido ao envelhecimento. São manchas que surgem geralmente nas mãos e nos braços especialmente após os 40 anos de idade. O melasma é outro tipo de mancha e pode surgir depois do abuso da exposição solar sem proteção. Disfunções hormonais também podem levar ao desenvolvimento de melasmas assim como predisposição genética.

As sardas são tipos de manchas bem conhecidos. Geralmente é a carga genética que influencia para o surgimento destas entretanto elas podem surgir também devido ao efeito cumulativo de radiação solar. Outro tipo de mancha de pele são as sardas brancas ou leucodermias solar. Estas surgem como decorrência da exposição solar por muitos anos seguidos e atingem especialmente os braços e pernas.

Fitofotodermatite são manchas que surgem em decorrência do contato da pele com frutas cítricas e o sol. São aquelas manchinhas que aparecem depois que mexemos com limão e saímos ao sol por exemplo. Por fim vale a pena destacar a dermatite de contato que também pode levar ao surgimento de manchas escuras na pele. Estas aparecem em decorrência da alergia a algum produto ou alimento e não têm um formato padrão.

Como se trata?

As manchas escuras na pele devem ser tratadas por um médico dermatologista. O tratamento pode envolver diversas abordagens que variam de acordo com a localização e a gravidade da mancha. Todas as manchas de pele necessitam passar por uma análise visto que podem acabar provocando sérias complicações como cânceres de pele.

Hoje em dia existem medicamentos e diferentes tratamentos estéticos que podem ajudar a tratar ou amenizar as manchas escuras na pele. Independente do tratamento é imprescindível utilizar protetor solar todos os dias.

 

Laser Spectra contra manchas escuras na pele

O Laser Spectra é um aparelho capaz de eliminar manchas escuras em especial melasmas através da emissão de pulsos de luz muito rápidos na região acometida. A energia proveniente dos pulsos é absorvida pelos melanócitos células responsáveis pela produção de melanina e faz com que a geração e a distribuição da melanina fique mais controlada.

Esta técnica portanto é bastante indicada para a remoção de manchas escuras sendo que não provoca dores inchaço ou irritação evitando o surgimento de novas manchas. Para o procedimento é recomendado que a pessoa não tenha se bronzeado nos últimos dias pois reduziria a eficiência dos pulsos de luz.

Para a devida remoção das manchas pode ser necessário até mesmo dez sessões de Laser Spectra. Além da remoção das manchas a técnica ainda estimula a produção de colágeno o que deixa a pele mais firme e suaviza as linhas de expressão. O Laser Spectra pode também ser utilizado para o clareamento de tatuagens sendo para tanto usada uma frequência ainda mais intensa.

Deixe uma resposta