Nova modalidade leva lutas marciais para dentro d’água

    0
    33

    Já imaginou o que pode acontecer quando se pratica artes marciais na piscina? Essa mistura resulta no Acqualionfighting modalidade que trabalha os braços (tríceps) coxa abdômen e promete ganho de força velocidade e resistência.

    "A ideia surgiu quando percebi que o aprimoramento de certas técnicas seria limitado na sala de aula mas poderia ser realizado facilmente na água” conta o professor Fernando Lion o criador do Acqualionfighting.

    De acordo com o professor essa atividade é indicada para todas as idades e dá a oportunidade para que qualquer pessoa conheça e aprenda artes marciais sem receios. “O Acqualionfighting é recomendável principalmente para quem tem problemas respiratórios e também permite o condicionamento físico adequado para cada objetivo” explica Lion.

    Nos primeiros 30 minutos de treino são desenvolvidos trabalhos das lutas Sanda e Muay Thai com chutes socos cotoveladas e joelhadas em revezamento com saltos. Nos 20 minutos seguintes são trabalhados os saltos e movimentos de bastão do Wushu. E nos últimos 10 minuto da aula são realizados movimentos de Tai Chi para o relaxamento e alongamento.

    Nesta sexta (4 de abril) acontecerá uma aula no Country Clube da Tijuca (RJ) às 19h. O ingresso é 1 kg de alimentos não perecível. Segundo Lion ainda não há confirmação de data hora e local do próximo evento que ocorre uma vez por mês e em breve será realizado em outros estados.

     

    Esta matéria foi produzida no site ativo.com

     

    Compartilhar
    Artigo anteriorNovo fone de ouvido para atletas é lançado no Brasil
    Próximo artigoMizuno comemora dez anos do Wave Creation

    Deixe uma resposta