PROSTATITE | Sintomas e Tratamento

    0
    60

    Prostatite

    Doença inflamatória que acomete uma glândula do aparelho reprodutor masculino a próstata. São diversos os tipos de prostatite e muitos homens acabam desenvolvendo algum dos sintomas em certo momento da vida. Neste artigo vamos falar um pouco a respeito da prostatite considerando os seguintes tópicos:

    • O que é prostatite;
    • Como se adquire;
    • Quais são os sintomas;
    • Como é feito o diagnóstico;
    • Como é o tratamento;
    • Como prevenir.

    O que é prostatite?

    É uma inflamação aguda ou crônica que pode ser desencadeada por uma série de fatores. A maioria dos casos de prostatite tem relação com infecções bacterianas porém também podem ser causadas por vírus fungos e outros agentes. Estes ao invadirem a região da próstata geram inflamações e outras reações no local. A próstata é uma glândula masculina presente próxima à bexiga e ao começo da uretra. Grande parte do líquido liberado durante a ejaculação é produzido neste local. Por estar próxima à bexiga muitos dos sintomas que se percebe em uma prostatite estão relacionados à urina e à bexiga.

    A prostatite crônica é um mal que atrapalha o cotidiano de muitos homens em todo o mundo. Não há distinção de idade ou de raça. É bem provável que mais da metade da população mundial masculina venha um dia a desenvolver algum sintoma ligado a esta doença.

    sistema reprodutor masculino

    Como se adquire?

    Vários podem ser os fatores desencadeantes de uma doença como esta. A prostatite é inclusive dividida em diversos tipos. Alguns são por exemplo prostatite bacteriana não bacteriana tuberculosa micótica entre outras.

    A pessoa pode adquirir esta complicação quando bactérias migram da uretra para a próstata por exemplo. Pode também ser devido à falta de anticorpos locais ou devido a alguma deficiência imunológica. Microrganismos do trato intestinal podem ser levados até a região. Relações sexuais também podem ser o fator desta invasão.

    As prostatites agudas são causadas por algum tipo de infecção e possuem início repentino. Já as crônicas aparecem mais lentamente e geralmente possuem relação com infecções urinárias de difícil tratamento.

    Quais são os sintomas?

    prostatiteAlguns sintomas bastante característicos em casos de prostatite são por exemplo ardor ou dor ao urinar muita vontade de urinar dor frequente na musculatura que fica entre as pernas e em alguns casos até mesmo secreção uretral.

    As prostatites do tipo aguda são mais potentes e acabam ocasionando quadros de febre de mal estar de mialgias e também de dores na região do abdômen. Já as crônicas tendem a gerar sintomas mais sutis como desconfortos na região dos testículos da lombar e do períneo por exemplo. É muito comum também de se notar em ambos os casos dores ao ejacular e diminuição da libido.

    Como é feito o diagnóstico?

    Diante destes sintomas muitos homens tendem logo a procurar por auxílio médico. Somente através de um exame físico completo é que o médico pode descartar outras alternativas e levantar suspeitas de um caso de prostatite. Um exame de toque retal poderá indicar dor na próstata. Outros exames como o de urina precisam ser realizados para que o médico possa saber qual é o motivo desencadeante desta complicação.

    Um conversa com o paciente antigos casos de infecção urinária ou outros problemas recentes de saúde podem ajudar também no correto diagnóstico. Após a certeza deve-se dar início imediato ao tratamento.

    Como é o tratamento?

    Este varia bastante de acordo com o fator desencadeante. Uretrites bacterianas por exemplo são tratadas com o uso de antibióticos. Medicamentos para alívio dos sintomas também são prescritos em todos os casos assim como banhos de assento em água morna atividade sexual regular entre outras coisas.

    prostata inflamada

    Como prevenir?

    Manter bons hábitos de higiene utilizar preservativos e limitar o número de parceiros sexuais são importantes medidas de prevenção. Uma dieta saudável e a prática regular de atividades físicas também pois um organismo forte está mais protegido de agressões diversas. Ingira sempre muitas frutas e legumes e trate de todas as suas infecções da forma correta para que estas não venham a causar danos em outras regiões do corpo.

    Consulte regularmente um médico e realize exames de rotina para um bom monitoramento do organismo. Diante de quaisquer sintomas não hesite em procurar pelo auxílio de um profissional. Somente este saberá indicar o melhor tratamento para cada caso.

    Deixe uma resposta