Qual o peso ideal durante a gravidez?

0
61
 Por que a mulher engorda?

Não tem jeito durante a gravidez a mulher vai engordar mesmo. E não pelo fato de ela estar comendo por duas pessoas como muitas pessoas afirmam mas sim porque partes do organismo que irão dar suporte ao feto se desenvolvem assim como o próprio feto levando ao aumento de peso.

O quanto cada mulher irá engordar varia bastante sendo que quanto mais leve ela for mais deve engordar e quanto mais gordinha for menos deve engordar. O indicado é que mulheres com o peso ideal antes da gestação engordem entre 11 a 15 kg. Já as que estão acima do peso devem ganhar de 7 a 12 kg. É muito importante calcular o IMC índice de massa corpórea logo no começo da gravidez para que a gestação corra de acordo com o esperado e para que a saúde da futura mamãe e do futuro bebê seja preservada.

Esse ganho de peso ocorre entre outras coisas devido ao acúmulo de líquido além do líquido amniótico que fica em volta do bebê ao aumento dos seios ao aumento de volume de sangue ao crescimento da placenta ao crescimento da camada de músculo no útero e ao crescimento do próprio bebê. Mais abaixo faremos uma média do ganho de peso mês a mês.

Qual é o peso ideal

A recomendação é a seguinte: quanto mais acima do peso menos se deve engordar. Aquelas com IMC acima de 30 por exemplo devem ganhar por volta de 5 a 9 kg. Já as com IMC acima de 25 e abaixo de 30 devem ganhar por volta de 7 a 11 kg. Mulheres com IMC acima de 185 e abaixo de 25 devem engordar por volta de 11 a 16 kg. Por fim aquelas com IMC menor do que 185 devem engordar por volta de 13 a 18 kg. Para calcular o IMC basta dividir a massa da pessoa em kg pelo quadrado da altura em metros. No entanto o ideal é consultar um médico para que o mesmo faça o cálculo e já avalie outros pontos.

Primeiro trimestre

O primeiro trimestre de gravidez compreende as 12 semanas iniciais. Neste período o óvulo fecundado se move para o útero e lá se fixa. No primeiro mês o feto mede menos de 1 cm de comprimento e não pesa quase nada. Por volta da oitava semana algumas estruturas começam a se formar assim como os principais órgãos.

No final do primeiro trimestre o futuro bebê já tem pálpebras e consegue fechar o punho. A futura mamãe passa por crises de cólica de enjoos e alterações de humor. Os seios já estão inchados e ocorre um ganho de peso. Em média a mulher engorda de 1 a 2 kg nos três primeiros meses sendo que o feto pesa cerca de 30 g ao final deste período.

Segundo trimestre

O segundo trimestre vai da semana 13 à semana 28. No quarto mês o feto já consegue engolir mexer-se e chutar. Por volta da semana 16 o futuro bebê mede em média 15 cm e pesa mais ou menos 150 g. Os pulmões já estão formados mas ainda não funcionam. Os olhos começam a se abrir e o feto dorme e acorda constantemente.

Os sintomas de náusea e fadiga do primeiro trimestre começam a diminuir. As mulheres tendem a sofrer menos durante este período do que no começo da gravidez. No entanto passam a ganhar bastante peso. O bebê medirá mais ou menos 70 cm ao final do sexto mês e pesará por volta de 700 g. Já a mulher tende a engordar cerca de 500 g por semana.

Terceiro trimestre

É no terceiro trimestre que a mulher ganha mais peso. Entre a semana 29 e a semana 40 a mulher irá engordar mais ou menos 500 g por semana entretanto nas últimas pode haver um ganho de mais de 1 kg por semana. O bebê vai ficando cada vez maior e pesado sendo que no começo do terceiro trimestre ele mede por volta de 405 cm e pesa mais ou menos 4 kg.

A maior parte do desenvolvimento do feto foi completa e ele passa a ganhar gordura corporal em um ritmo acelerado. A cabeça fica mais mole e os ossos mais durinhos para ajudar na hora do parto. Por volta da semana 37 ele passa a engordar cerca de 300 g por semana e ao nascer a maioria dos bebês pesa entre 27 e 42 kg e mede entre 48 a 53 cm.

Como o futuro bebê está grandinho a mulher pode ter dificuldades para respirar e para dormir. Ela passa a ir mais ao banheiro e sofre com inchaço nas pernas e nos tornozelos. Ao final da semana 37 o bebê é considerado a termo e após o nascimento a mulher já irá notar uma considerável redução de peso.

Deixe uma resposta