Rosto com zero imperfeições | SAPO Lifestyle

«A luz natural é a mais cruel», refere a maquilhadora Cristina Gomes. Torna visíveis todas as imperfeições, mesmo as mais pequenas. «Se a sua pele estiver bem à luz natural, está bem em qualquer situação», acrescenta a especialista. No entanto, ter uma pele sublime, não é natural, como a luz do dia. É preciso tapar imperfeições, criar pontos de luz, eliminar sombras. E para isso é necessário saber escolher os produtos de maquilhagem certos para cada problema. Saiba como usá-los e prepare-se para exibir uma pele perfeita com os conselhos desta profissional.

Creme com cor (BB cream)

Abreviatura de blemish balm (bálsamo para imperfeições) o BB cream ou creme com cor tornou-se o segredo de beleza das mulheres asiáticas, ao descobrirem que com um único produto conseguiam dar a aparência de porcelana imaculada ao seu tom de pele amarelado. O sucesso foi tal que se difundiu por toda a Europa. Para que serve? «O creme com cor é dois em um. Tem a ação de um creme hidratante, podendo ter ou não proteção solar e é como uma base diluída que uniformiza a cor da pele», explica a maquilhadora.

«Não oferece tanta cobertura como o fond de teint e, portanto, deve ser utilizado quando a pele não tem grandes imperfeições», adverte ainda. «Aplica-se com os dedos em todo o rosto, como um creme hidratante normal», recomenda. Como escolher? «Uma vez que o creme é absorvido pela pele, para escolher a cor certa, isto é, a cor mais próxima do seu tom de pele deve aplicar no rosto, esperar algum tempo e verificar à luz natural se o rosto está equilibrado com o tom do peito», diz ainda.

Base (ou fond de teint)

É o produto mais utilizado para aperfeiçoar a pele. Quando bem escolhida e aplicada, a base dá ao rosto uma aparência perfeita, sem se notar que a está a utilizar. Deve ser este o seu objetivo. «A base utiliza-se para uniformizar o tom e a textura da pele», explica Cristina Gomes. «Aplica-se em todo o rosto com uma esponja ou um pincel. Para obter um efeito mais natural, utilize um pincel para espalhar muito bem. Para uma maior cobertura, aplique com uma esponja em pequenos toques para deixar a base mais compacta», aconselha.

Como escolher o mais indicado? «Depende do objetivo. Quanto mais espesso for o produto maior cobertura tem. Portanto escolha uma base fluida se pretende um acabamento natural e uma fórmula mais compacta se tem muitas imperfeições para tapar. A cor da base deve ser o mais parecida possível com o seu tom de pele. Para acertar no seu tom, o melhor mesmo é experimentar e analisar o resultado à luz natural. É para isso que servem os testers», sublinha a maquilhadora

Iluminador

Mesmo num rosto perfeito, o iluminador, utilizado em pontos estratégicos, pode dar-lhe um aspeto mais fresco e luminoso. Como tem uma textura muito fina não requer o uso de fond de teint. «A função do iluminador é tornar claras as sombras do rosto (canto interno dos olhos, olheiras, vinco entre o nariz e os lábios) e reforçar os pontos de luz da face (osso junto à sobrancelha, cana do nariz, a parte mais saliente do queixo)», explica Cristina Gomes.

Este produto utiliza-se «sempre depois da base, caso contrário esta anularia o efeito do iluminador. Aplica-se na zona que se pretende iluminar com pequenos toques com o dedo», refere ainda a maquilhadora. «Para iluminar o rosto deve escolher uma cor mais clara que o seu tom de pele», recomenda ainda.

Veja na página seguinte: A melhor maneira de aplicar o concealer

Ver artigo completo

LEAVE A REPLY