Sabe que o que come também pode fazer transpirar?

0
36

Quando transpiramos, o nosso organismo está a responder ao aumento da temperatura corporal. As glândulas sudoríparas, presentes na pele, mas em maior número na zona das axilas, palma das mãos e dos pés, testa e peito, aumentam a produção de um líquido rico em sais minerais, ureia, proteínas, lípidos e ferro que, ao evaporar, refresca o corpo. O líquido é incolor e não tem cheiro, mas pode adquirir um odor desagradável devido à sua degradação por ação de bactérias presentes na pele.

A sorte das mulheres

As mulheres têm sorte. A transpiração dos homens é, em média, 30 por cento mais intensa do que a delas. É igualmente mais ácida do que a das mulheres, daí que o odor da transpiração do sexo masculino seja mais intenso. Como muitas mulheres mantêm durante todo o ano uma das zonas de maior transpiração depilada, as axilas, convém optar por um desodorizante com uma fórmula suave que não provoque irritação. Em geral, as texturas em creme são mais aconselhadas.

Desodorizante ou anti-transpirante?

O tipo de fórmula a aplicar diariamente deve ter em conta o que o afeta, nomeadamente a transpiração ou o odor. Os desodorizantes têm principalmente uma ação anti-bacteriana, reduzindo o mau cheiro, os anti-transpirantes ajudam a diminuir a sudação das glândulas, sendo úteis quando a transpiração é intensa.

O mito do cancro

Um e-mail que, há uns anos, circulou na internet e se tornou viral lançou a suspeita de que os derivados de alumínio, o principal ingrediente dos anti-transpirantes, aumentavam o risco de cancro da mama. O impacto junto da opinião pública foi de tal modo importante que levou à realização de vários estudos. Com base nas conclusões, organismos como o National Cancer Institute, a American Cancer Society e a Food and Drug Administration (FDA) afirmam que não existe evidência científica que comprove o rumor.

Também os parabenos, um tipo conservante, estiveram sob suspeita, mas embora não haja um risco claro associado ao seu uso, este ingrediente poderá causar alguma irritação, especialmente na pele sensível pelo que as principais marcas de cosmética não o incluem nas suas fórmulas.

Cuidados preventivos

Para além da aplicação de um produto de higiene diário, existem outras estratégias a que pode recorrer para diminuir a transpiração e o odor, nomeadamente:

– Usar peças de roupa largas, de algodão e evitar o uso de fibras

– Evitar o stresse

– Moderar o consumo de bebidas alcoólicas e de café

– Deixar de fumar

– Evitar a ingestão de alimentos quentes ou picantes

– Aumentar a frequência dos banhos e a ingestão de líquidos, em caso de febre, atividade física intensa, gravidez e menopausa (afrontamentos)

-Perder peso

artigo do parceiro:

Compartilhar
Artigo anteriorSabe qual é o seu signo chinês?
Próximo artigoSabe que pode usar os temperos da salada para limpar a sua casa?

Deixe uma resposta