‘Se sairmos, não há uma vez que reverter detrás’, adverte Cameron em relação a ‘Brexit’

0
27

As campanhas em relação a o sorte do Reino Unificado na União Europeia (UE) recomeçaram em domingo (19/06), depois com três dias dentre interrupção devido à morte da deputada Jo Cox, que período vs o Brexit (saída do país do conjunto). Na proximidade da realização dentre um referendo tocante ao matéria, o primeiro-ministro inglês, David Cameron, declarou que o país se defronta com uma “escolha existencial” e que “não há uma vez que reverter detrás” depois dela.

O premiê, líder na campanha pela conserva do Reino Uno em cima de conjunto proveniente da Europa, declarou que haverá prováveis prejuízos para o negócio e os investimentos caso o Brexit vença na votação aguardada para o dia 23. Ele advertiu que uma “provável recessão” deixaria o país “permanentemente mais pobre”.

“Se você não tem certeza, não assuma o risco do que trespassar [da UE]. Se você não sabe, não vá [votar]”, declarou Cameron para o jornal The Sunday Telegraph. “Se saíssemos, e logo isso se revelasse uma vez que um grande erro, não haveria uma maneira com mudar desde teoria e dispor outra ansa”, advertiu.

Leia também:

• Estado Islâmico divulga ‘lista da morte’ que inclui brasileiros

• Capriles acusa Arabutã com ‘indiferença’ diante da crise na Venezuela

• Rabinos citam transplantes ilegais em epístola em combate a colaboração a saúde com Mulata

Separação entre o eleitorado

Duas pesquisas do que opinião publicadas nisto sábado mostraram que o “Remain” (perpetuidade na UE) está retomando fôlego, mas o quadro universal é a um eleitorado dividido. Os dois lados contam somente com mais cinco dias para lucrar votos, então recomeçaram as campanhas com entrevistas e artigos em jornais, reanimando o debate em relação a imigração em contraste com economia.

Michael Gove, representante da campanha pelo “Leave” (saída da UE), declarou que, verdadeiramente, o Brexit pode encaminhar resultados positivos para em direção a economia britânica. “Não acredito que trespassar da União Europeia pioraria nossa posição econômica, acho que melhoraria”, falou em entrevista ao The Sunday Telegraph.

Gove e Cameron elogiaram Cox também, ela que defendia para ininterrupção do Reino Uno na UE, que foi esfaqueada e levou dois tiros na última quinta-feira. O falecimento da deputada abalou o país e despertou incertezas acerca de o texto da campanha acerca de o Brexit. Um varão a 52 anos, denunciado do homicídio, compareceu na direção de um tribunal dentre Londres nele sábado.

Ao tabloide Mail conectado Sunday, o ministro das Finanças anglicano, George Osborne, declarou que está assegurado desde que o que falta do debate pré-referendo pode ser realizado com um matiz menos divisório. “Tenhamos menos retóricas incendiárias e discursos sem fundamento, e mais fatos e argumentos sustentados”, sugeriu.

Deixe uma resposta