Sete comportamentos que podem ajudá-lo a ser bem-sucedido

Encontrar o sucesso profissional e pessoal nem sempre é uma jornada fácil. Para conseguir atingir o êxito é preciso persistir no seu sonho, seja ele criar um negócio ou ser o melhor no seu ramo de atividade. É este o pensamento que leva muitos empreendedores e pessoas bem-sucedidas a atingirem os seus objetivos. Mas o sucesso não chega sem muito trabalho e algum sacrifício. Além disso, a adoção de certos hábitos e costumes na rotina do dia-a-dia contribuem também para ajudá-lo a manter a calma quando um imprevisto se aproxima e podem fazer toda a diferença entre ser ou não bem-sucedido na sua carreira. Conheça então alguns comportamentos que podem ajudá-lo a atingir o êxito. Leia o texto: “Como tornar-se indispensável na sua empresa?”

1. Ser o primeiro a chegar e o último a sair

Um dos hábitos mais conhecidos do jogador de futebol português Cristiano Ronaldo é o facto de ser o primeiro a chegar e o último a sair dos treinos diários. Um comportamento que revela empenho e mostra como a estrela portuguesa está focada em alcançar o objetivo de ser “o melhor jogador de futebol do mundo”.

Para ser-se bem-sucedido, não significa que tenha de seguir à risca os hábitos de Cristiano Ronaldo, e tenha de ser o primeiro a chegar e ou último a sair do seu emprego. No entanto, o facto de demonstrar que está empenhado no seu trabalho e que não está sempre a olhar para o relógio a ver quando chegam as horas de saída dá um sinal aos seus superiores de que é uma pessoa comprometida com as suas responsabilidades, levando a que os seus chefes depositem maior confiança em si e lhe atribuam projetos com maior importância para a empresa. Leia também o artigo “10 ideias para tornar o seu dia mais produtivo”.

2. Ser amigo de pessoas que sabem mais

Dar-se com pessoas que têm mais conhecimentos é um dos hábitos de Warren Buffett, um dos homens mais ricos do mundo. Através de hábitos de ‘networking’ é possível conhecer as pessoas certas e até arranjar um mentor na sua área de atividade. Entre em contacto com as pessoas que já conhece ou com aquelas que gostaria de conhecer e de aprender mais. Prepare bem o seu discurso quando se apresenta. Lembre-se que está a tentar construir uma relação e não a pedir algo em troca. Leia o artigo “Como utilizar o ‘networking’ para encontrar emprego?”

3. Mostrar solidariedade

O fundador da Microsoft, Bill Gates é também conhecido pela sua veia solidária. O principal objetivo da fundação Bill e Melinda Gates é melhorar a qualidade de vida nos países sub-desenvolvidos. Ao mostrar humildade e solidariedade perante os outros ou ao fazer voluntariado está a ganhar experiência, a enriquecer o seu currículo e a ganhar contactos que podem vir a ser-lhe úteis na sua carreira. Leia também o artigo “Como o voluntariado pode ajudá-lo a encontrar emprego?”

4. Ser criativo

A Google é muitas vezes associada a criatividade e inovação. E no que toca ao sucesso também esta qualidade deve estar presente. Que o diga Sergey Brin, um dos fundadores desta empresa. Foi através da criação do famoso sistema Google AdWords que os criadores da Google conseguiram rentabilizar o seu negócio. Pensar fora da caixa e aumentar os seus conhecimentos em áreas que não domina são trunfos indispensáveis para quem quer alcançar o sucesso. Leia também o artigo “Conheça as 10 dicas de liderança da Disney”.

5. Deixar de jogar pelo seguro

Nem todas as pessoas com êxito conseguem ver o seu trabalho reconhecido ao jogarem pelo seguro. Por exemplo, Richard Branson, dono da Virgin, é conhecido por tomar decisões de investimento arriscadas: é dele a ideia de criar uma empresa de viagens para o espaço – a Virgin Galactic. Por isso mesmo, lembre-se que para conseguir alcançar o sucesso é muitas vezes necessário tomar decisões difíceis e arriscadas, com as quais não se sente totalmente confortável.

6. Optar por uma imagem simples

Mark Zuckerberg e Steve Jobs tinham algumas coisas em comum. Entre elas o facto de optarem por utilizar roupas simples: calças de ganga e uma simples camisola de tom escuro eram normalmente as peças de roupa escolhidas para fazer apresentações. Com esta escolha, os gestores poupavam tempo de decisão e deixavam a sua mente liberta para se focar em assuntos mais importantes. Leia também o artigo “Seis peças de roupa para ser um gestor de sucesso”.

7. Gostar daquilo que faz

Gostar daquilo que faz no dia-a-dia é um trunfo para encontrar energia para ultrapassar momentos menos bons, na sua vida profissional. Donald Trump, que classifica os seus negócios como a sua grande paixão, defende isso mesmo. Utilizar aquilo que gosta para inspirar e dinamizar outros pode levá-lo a avançar com a sua carreira. Além disso é uma forma de garantir que está sempre empenhado nos desafios que lhe são lançados. Leia o artigo “Oito tarefas que as pessoas de sucesso fazem à segunda-feira”.

Leia também:

10 passos para ser uma mulher de sucesso

O que mais valorizam os empregadores

Como ser readmitido no seu antigo emprego?

artigo do parceiro:

Deixe uma resposta