Site que arranja companhia para viajar envolto em polémica

    Gostava de viajar para um destino paradisíaco mas acabou uma relação de anos há um par de meses e os seus melhores amigos não podem tirar férias porque estão a trabalhar? Foi a pensar em pessoas na sua situação que foi criado o Miss Travel, um site que pretende ajudar homens e mulheres que não gostam de fazer férias sozinhos. Mas o facto de estar a ser usado por executivos que passam muito tempo fora para recrutar companhia do sexo feminino e masculino (cerca de 6% dos utilizadores são gays) está a gerar polémica. «Será o Miss Travel uma nova frente de prostituição?», questiona mesmo um artigo do site Daily News.

    Brand Wade, o fundador, defende-se, garantindo que o seu projeto é «um site de relacionamentos». «As acompanhantes não estão autorizadas a usar o site e não há aqui qualquer troca comercial», assegura o empresário. «Nem sequer é um fórum de discussão sobre sexo», refere ainda o empreendedor. Outra das críticas prende-se com o fator segurança. «Até que ponto é que é seguro ir viajar com uma pessoa que se acaba de conhecer?», interroga ainda outro dos críticos do projeto.

    Numa das secções do Miss Travel, que poucas semanas após a sua criação já contava com 20.000 utilizadores registados (eles pagam mas elas não), a advertência é feita. «Combinar encontros online é arriscado», pode ler-se. Mas nem todos os que se registam são forçosamente lobos à procura de vítimas. «É como quando se conhece um estranho online. Também neste caso se exige algum bom-senso», refere Brand Wade.

    Viagem conjunta deu em… casamento!

    Muitos utilizadores do site dizem-se satisfeitos com a experiência. «Somos apenas um site que junta pessoas. Elas depois ficam por conta própria», assume, contudo o executivo. «É uma boa maneira de fomentar um romance», reconhece também o empreendedor, que acaba de ser convidado para um casamento que nasceu de um desses contactos e que na sua juventude gostaria que tivesse existido um projeto como este.

    «Eu cresci de uma forma completamente nerd. Como era muito tímido, só aos 21 anos é que tive a minha primeira namorada e dei o meu primeiro beijo», confessa o empresário, que está atualmente casado com uma mulher que conheceu… online! SeekingArrangement.com e WhatsYourPrice.com, outros dos sites de relacionamento desenvolvidos por Brand Wade, também não escapam às críticas, sendo inúmeras vezes associados a formas encapotadas de prostituição online.

    Texto: Luis Batista Gonçalves

    artigo do parceiro:

    Deixe uma resposta