Tenho diabetes e quero ir a uma festa. O que posso comer?

Segundo os dados do Observatório Nacional da Diabetes, cerca de 13% da população portuguesa tem diabetes, sendo que na sua maioria se trata de diabetes tipo 2. Por outro lado, 40% tem hiperglicemia intermédia, que poderá evoluir para diabetes tipo 2.

Na grande maioria dos casos, esta situação pode ser prevenida através de estilo de vida saudável: ter uma alimentação completa, equilibrada e variada e praticando exercício físico regularmente. Estas recomendações mantêm-se durante as épocas festivas. Para quem tem diabetes tipo 1, acresce fazer os ajustes necessários à insulina, vendo com o médico qual a melhor forma de o fazer.

Se o período de festividades se prolongar no tempo, ir fazendo pequenas refeições ou comer alguns frutos secos (até ao máximo de uma palma da mão) é uma ótima forma de saciar a fome. Começar a refeição principal com uma sopa de legumes ou uma entrada de queijo fresco são também excelentes opções.

Muitas das refeições tradicionais são bastante saudáveis como é o caso do bacalhau cozido e dos vegetais e leguminosas cozidas. Caso se opte por fugir ao tradicional, tentar evitar os fritos e a gordura em excesso é imperativo. Aposte em alimentos grelhados ou feitos no forno, o que significa que bacalhau com natas não será uma alternativa.

É muito importante mantermo-nos hidratados, pelo que devemos beber água ou chás quentes. Para acompanhar a refeição, evitar ou moderar as bebidas alcoólicas e optar por água ou sumos naturais. Um sumo de laranja, rico em vitamina C, será um bom aliado contra as constipações.

Claro que as maiores tentações aparecem na altura das sobremesas. No entanto, quem seguir as recomendações anteriores irá notar que se sente saciado e por isso terá menos apetite nesta fase da refeição. Tal como anteriormente, a palavra-chave é moderação. É ainda possível fazer algumas alterações nas receitas de forma a que o impacto nas glicemias e na saúde seja menor.

Opte por receitas de sonhos e rabanadas feitas no forno em vez de fritas e polvilhadas com uma mistura de adoçante natural e canela em vez de açúcar ou caldas. O bolo rei pode ser substituído por bolo rainha, para se evitarem as frutas cristalizadas.

Apesar de toda a oferta de filmes na televisão, aproveite o clima de Portugal e dê um passeio em família. Seja um passeio de 15 minutos ou uma brincadeira com as crianças no parque, o importante é mexer-se e incutir às gerações mais novas o prazer de praticar desporto e brincar.

É muito importante lembrar que estas recomendações devem também ser seguidas ao longo de todo o ano. O estilo de vida saudável permite ter uma vida mais longa, mais feliz e com mais qualidade. Previne não só a diabetes tipo 2, mas também as doenças cardíacas e respiratórias.

Por Jenifer Duarte, Nutricionista e Voluntária da Associação de Jovens Diabéticos de Portugal

artigo do parceiro: Nuno Noronha

Deixe uma resposta