TENÍASE

    0
    155

    O que é teníase?

    Doença causada pela forma adulta da tênia. Esta parasitose costuma ser um pouco confundida com outra a cisticercose. Ambas são causadas pelo mesmo parasita porém geram sintomas distintos e possuem diferente epidemiologia.

    A teníase é provocada pela Taenia solium ou pela Taenia saginata. O hospedeiro definitivo da doença é o homem. Este quando contaminado acaba transmitindo a doença para animais e para outras pessoas. O porco e o boi apesar de fazerem parte do ciclo evolutivo da doença são apenas meras figuras intermediárias. Quando estes ingerem ovos férteis da tênia que estavam presentes nas fezes de algum ser humano acabam desenvolvendo larvas em seus interiores. Com isto ao ingerir a carne mal passada destes animais uma pessoa sadia pode desenvolver teníase.

    A Taenia solium é o parasita dos suínos. A Taenia saginata dos bovinos. A larva deste parasita vai evoluir nos seres humanos dentro do intestino delgado. O verme adquire a forma adulta e se fixa na parede do órgão. Com o tempo passa a expelir ovos que serão excretados e poderão contaminar novas pessoas. O desconforto causado pela presença da tênia costuma ser imenso além disto esta passa a roubar os nutrientes do organismo do hospedeiro.

    teníase verminose

    Agente causador

    É um platelminto da classe Cestoda que devido ao seu modo de vida não possui sistema digestório já que absorve tudo o que necessita do seu hospedeiro. As tênias possuem o corpo segmentado em anéis que recebem o nome de proglótides. Do lado anterior apresentam ventosas que ajudam na fixação estas recebem o nome de escólex. Nesta região ainda há a presença de ganchos na Taenia solium o que permite maior aderência à parede do intestino do hospedeiro.

    Estes microrganismos são hermafroditas e costumam viver solitários. Motivo pelo qual a doença também é popularmente chamada de “solitária”. Podem chegar a medir até mesmo 10 cm de comprimento e após cerca de 3 meses começam a expelir ovos através das fezes. Estas quando entram em contato com a terra com a água ou com o alimento que animais consomem acabam contaminando estes seres. O humano sadio ao ingerir a carne crua ou mal passada destes animais pode desenvolver teníase.

    Como se descobre a doença (diagnóstico)

    O diagnóstico da teníase tende a ser basicamente clínico. Diante dos sintomas que são notáveis e bem específicos as pessoas logo procuram por auxílio médico. Através de uma conversa com o paciente e da análise dos sintomas o profissional começa a suspeitar de tal doença.

    tenia solitáriaEm alguns casos a teníase pode ser assintomática. Em casos nos quais os sintomas estão presentes entretanto o diagnóstico não costuma ser complicado. Este necessita ser diferencial já que os sinais podem se parecer com os de outras parasitoses para tanto exames laboratoriais podem ser de grande ajuda.

    O exame de fezes é o mais indicado nestes casos. Após a coleta o recipiente deve ser levado para análise em laboratório. O especialista irá buscar nas fezes a presença de proglotes através de tamização do bolo ou a presença de ovos através de métodos comuns. Também pode realizar testes sorológicos ou busca por antígenos. Geralmente este procedimento costuma dar resultado favorável e logo se obtém a certeza de se é ou não um caso de teníase. Após a confirmação deve-se dar início imediato ao tratamento para que as complicações não se tornem mais graves e para que não restem sequelas.

    Sintomas

    Pode acontecer de a presença da tênia não causar sintoma algum. Na grande maioria das vezes entretanto estes são bem notáveis e específicos. O indício mais forte de que a pessoa está infectada é o baixo peso. As tênias costumam disputar com o hospedeiro os nutrientes que chegam ao intestino. Como estes parasitas não possuem sistema digestivo precisam se alimentar com o alimento que está disponível na região. Com isto o indivíduo pode se tornar fraco magro sonolento e indisposto.

    Alguns outros sintomas característicos da teníase são:

    • Dor abdominal;
    • Náuseas;
    • Constipação;
    • Vômitos;
    • Cólicas;
    • Mal estar generalizado;
    • Falta de apetite;
    • Inquietação;
    • Diarreia;
    • Irritabilidade.

    Os sintomas quando manifestos tendem a ser bem incômodos. É preciso ficar de olho na saúde para não viver com a tênia no organismo durante tempos. Estas liberam toxinas e podem levar a pessoa a desenvolver um sério quadro de anemia. Portanto realize exames de rotina e consulte periodicamente um médico desta forma seu corpo fica devidamente monitorado.

    Prevenção

    Simples medidas preventivas podem ser adotadas com o intuito de se proteger da teníase. Algumas delas são:

    • Não ingira carnes cruas ou mal passadas. Estas devem estar minimamente cozidas para afastar qualquer espécie de contágio;
    • Lave muito bem as mãos após ir ao banheiro e antes de todas as refeições;
    • É importante impedir que os animais entrem em contato com os ovos das tênias portanto dê somente água tratada para o seu gado e jamais utilize fezes humana como adubo;
    • Não deixe seus animais soltos de forma que eles possam entrar em contato com água contaminada;
    • Construa banheiros sempre com fossa séptica;
    • Nunca faça suas necessidades fora do sanitário pois você pode acabar contaminando o solo e a água;
    • Realize exames de rotina e consulte frequentemente um medico.

    Tratamento

    Este consiste basicamente na utilização de fármacos via oral. Quando da consulta com um médico especialista o paciente receberá orientações preventivas e também relacionadas ao tratamento. É importante manter bons hábitos de higiene e de alimentação durante o uso dos medicamentos caso contrário o prognóstico não será positivo.

    Geralmente o profissional da saúde indica o uso de algum fármaco em específico para se eliminar o parasita do intestino. Laxantes não são eficazes contra a tênia já que esta se utiliza das ventosas e dos ganchos para se fixar fortemente na parede do órgão.

    Diante de qualquer sinal que seu corpo possa estar lhe enviando não hesite em buscar por auxílio médico. Sintomas aparentemente simples podem ser em alguns casos indícios de algo bem pior. Cuide bem da sua saúde e consulte um médico periodicamente.

    Deixe uma resposta