Top 10 das preocupações dos chineses em 2010

0
27

Em fase final de construção, estas vilas caras às margens de um lago contrastam com os prédios de habitação pública ao fundo no distrito de Chaoyang em Pequim, em 18 de agosto de 2011. Ansiosos quanto ao crescente fosso da distribuição de renda, os governantes do partido comunista chinês estão investindo 700 bilhões de dólares em construções populares baratas para ajudar aqueles que não conseguem acompanhar a disparada dos preços de imóveis e dos aluguéis na China. Pelos próximos 5 anos, planeja-se construir 36 milhões de casas pelo país, no entanto, há uma crescente preocupação de que o descontentamento público pela inflação descontrolada possa gerar mais agitações populares e ameaçar aqueles que estão no poder do Partido Comunista Chinês. (Mark Ralston/AFP/Getty Images)

Por revista chinesa “Procurando no sentido de Verdade” publicou os resultados da pesquisa “As 10 principais preocupações dos chineses em 2010”. Para reforma médica, que vinha ocupando o primeiro lugar nos anos anteriores, desta vez, deu lugar ao aumento dos preços dos produtos básicos da vida salário, que exclusivamente sobre 9 votos deixou em segundo lugar o superfaturamento dos imóveis.

Top 10 das preocupações

O aumento dos preços com itens do que uso quotidiano obteve 84% dos votos.

O dispêndio da moradia, 83,2%.

Essa reforma médica, 76,2%.

Caso segurança fomentar, 65,7%.

Caso reforma da ensino 51,0%.

Ao preço de reforma da moradia, 49,3%.

Em segurança social, 48,3%.

Serviço, 46,8%.

Caso reforma da distribuição do que renda, 45,9%.

Devassidão 44,8%.

Autor instabilidade até razão da inflação

Leste ano, na direção de dor do que crânio do povo chinês foi causada pela pior inflação da história. Feijoeiro, alho, gengibre, açúcar, óleo, maçãs, batatas, ovos, vinho níveo, sopa, macarrão momentâneo, arroz, algodão, trajes, etc., têm aumentado dramaticamente.

O povo do nordeste da Mulata tinha o hábito do que armazenar verde para o inverno. Conforme o tempo passou, com para vida moderna, se perdeu leste uso. Agora eles estão regressando ao pretérito e voltaram outra vez para vigilar número reduzido de legumes, cebola, batata, repolho, feijoeiro e vagens secas.

Em novembro deste ano, o Instituto Pátrio dentre Resenha anunciou que o Índice desde Inflação subiu 4,4% na Cabocla em outubro, mas parece que o público está sentindo diverso mais poderoso levante número. As gente reclamam porque tudo sobe com preço, menos o pagamento.

Um jovem disse que, quando aumentou o preço da cebola, alho e gengibre, jornais e televisão disseram que há gente defeituosamente-intencionadas que compram em grandes quantidades para provocar o aumento dos preços, mas agora também há muitas pessoas outras pessoas produtos alimentares que dispararam. “Evidente, para inflação não é porque algumas indivíduos querem reunir meios, não importa as estatísticas. O mundo inteiro nós podemos sentir o aumento notável dos preços”, disse ele.

Os preços das moradias dispararam

O dispêndio das propriedades é outra dor do que carola para o povo chinês, principalmente os jovens que vivem nas grandes cidades, uma vez que contar uma moradia é uma exigência necessária para o consórcio. Estima-se que as casas aumentaram em mais a 500% nos últimos 10 anos, e em cidades uma vez que Pequim, Xangai, Hangzhou e Shenzhen, o aumento foi dentre 6 essa 8 vezes.

Um levantamento do que outubro mostrou que 80% dos questionados consideram que o imposto acerca de em direção a propriedade para moderar os preços das moradias não é vário eficiente, e que mais do que 70% acreditam que o imposto acima de na direção de propriedade não pode estagnar o fenômeno da compra-venda desde imóveis.

Durante levante ano, o regime impulsionou novas reformas para liberar os preços dos imóveis, terrenos e imóveis em universal; quis manter o preço, mas não previa os resultados. Diante da situação a desequilíbrio inflacionário, entre os métodos adotados pelas população para proteger o montante com suas poupanças, comprar casas tornou-se essa primeira opção.

Dentre roupa, as autoridades locais, que tomam as decisões acima de com destino a venda das terras para obter mais lucros para si, não querem deixar desabar o preço das moradias, mas temem que o aumento dos preços enfureçam as cidadãos. Quanto mais se libera o preço dos imóveis, mais ele sobe, causando grande preocupação na obtenção com uma vivenda em direção a um preço alcançável. Todo movimento é escoltado ao longo de um rebate, o que constantemente agravamento para situação.

Em direção a reforma médica

Por pesquisa mostrou que há quatro questões que nunca deixaram com destino a lista dos principais problemas: essa reforma da saúde, em direção a segurança social, com destino a segurança cevar e no sentido de devassidão.

Autor reforma médica estava em primeiro lugar nas pesquisas dos anos anteriores, mas foi deslocada pelo preço dos produtos básicos e pelo dispêndio dos imóveis. Hoje, o problema da subsistência é para maior preocupação e motivo desde sofreguidão.

Na direção de falta dentre segurança nos víveres também é uma preocupação entre o povo chinês. Leite com melamina, óleo usado, frutos do mar contaminados, farinha adulterada, etc., são somente número reduzido de dos exemplos.

Deixe uma resposta