Tratamentos de rosto e de corpo que todas as mulheres de 40 anos devem fazer

Sabe o que lhe pedem o seu rosto e o seu corpo aos 40 anos? Se já lá chegou, com certeza já começou a notar mudanças na sua pele e forma física, diferentes das que se manifestaram noutras fases da sua vida. Sabemos que cuidar de si de acordo com a idade que tem requer uma grande dose de sabedoria e conhecimento para não pecar por excesso nem por defeito. Tome nota dos tratamentos que de seguida lhe apresentamos e torne-se uma especialista no combate aos efeitos do envelhecimento.

Tratamentos de rosto

Aqueles elementos que até agora garantiam uma pele firme e sem rugas (como o colagénio e a elastina) começam a escassear. O resultado? Uma flacidez cada vez mais acentuada. Também podem aparecer manchas que têm muito mais a ver com a sobreexposição solar do que com a passagem do tempo. Não deve prescindir de cuidados mais intensivos. É uma boa idade para acrescentar às já habituais limpeza, hidratação e nutrição, esfoliações mais profundas, nutrições mais penetrantes e tratamentos com laser e radiofrequência, tanto preventivos como paliativos.

Adicionalmente, pode experimentar um tratamento com ação lifting. É o caso do Mylift, disponível em clínicas em vários pontos do país. Utilizando a tecnologia Apollo Tripolar, a terceira geração da radiofrequência, esta opção permite atuar simultaneamente nas camadas da pele mais superficiais e nas mais profundas. Trata as zonas do rosto, pescoço e decote e deve ser feito uma vez por semana, durante dois meses, seguindo-se uma fase de manutenção. Tem um custo médio de 90 €.

Tratamentos de corpo

Sinais instalados de flacidez e celulite, que afetam cerca de 90% das mulheres. Estes sinais serão mais ou menos marcados consoante o seu estilo de vida, a sua alimentação, se faz exercício ou não, se recuperou o peso depois das gravidezes e das alterações no seu sistema hormonal. Para atuar sobre estas mudanças, não deve prescindir de um diagnóstico certeiro sobre o problema ou problemas que a afetam. Coloque-se nas mãos de profissionais que lhe recomendem os tratamentos mais eficazes para o seu caso.

Para complementar estes tratamentos, pode experimentar tratamentos de ultracavitação ou radiofrequência. É o caso do Dermoshape, que ao associar ambas as tecnologias atua em profundidade, através de um método não invasivo, reduzindo e refirmando a pele do rosto, pescoço e decote. É indicado para o tratamento da celulite, gordura localizada, retenção de líquidos, flacidez e pele desvitalizada, definindo contornos e restituindo a elasticidade dérmica. O custo varia, em média, entre 69 e 79 €, dependendo da zona a tratar.

artigo do parceiro:

LEAVE A REPLY