Tratamentos que rejuvenescem (mesmo) o cabelo

Tal como acontece com a pele, o cabelo também envelhece, tornando-se, progressivamente, mais fino, seco e baço. Por detrás destas alterações estão diversos fatores, desde a acumulação de anos de agressões (exposição aos raios UV, uso abusivo do secador ou descolorações, por exemplo), às próprias oscilações hormonais decorrentes da idade, que fazem abrandar o processo de renovação celular e o funcionamento das glândulas sebáceas.

Em consequência disso, o seu seu cabelo acaba por ressentir-se, apresentando um ar mais enfraquecido e menos cuidado. O que pode então fazer para ajudá-lo a rejuvenescer? Siga estes três passos:

– Faça um corte com efeito lifting

Já lá vai o tempo em que, depois dos 40 anos, era obrigatório usar o cabelo curto. A regra não deve estar indexada à idade mas, sim, às feições. Quanto mais comprido o cabelo mais alongado parece o oval do rosto. Este efeito pode tornar-se contraproducente quando o relaxamento dos tecidos se acentua. Nesse caso pode ser, de facto, aconselhável cortar, já que o cabelo curto levanta a expressão, ajudando a dissimular a flacidez.

Para além disso, ao cortar o cabelo, liberta-lhe peso da raiz, permitindo-lhe adquirir uma aparência mais volumosa e abundante. Quer pretenda encurtar ou apenas dar um corte rejuvenescedor ao cabelo, deve ter em conta que as formas geométricas, simétricas e rígidas endurecem a expressão, fazendo-a parecer mais velha.

Por isso, será melhor optar por cortes assimétricos. Mas com moderação, porque a ideia é dar movimento ao cabelo e não empobrecer a cabeleira. E vá retocando o corte regularmente. Esse gesto mantém os volumes onde precisa, elimina a parte mais deteriorada do cabelo e facilita o penteado.

– Cor com efeito luz

O abrandamento da regeneração celular associado à idade faz com que as células mortas se acumulem na pele, dando-lhe um aspeto baço. Para além disso, devido à flacidez, os sulcos do rosto acentuam-se, assim como as olheiras, o que dá lugar a zonas de sombra que entristecem a expressão. A solução? Rodear o rosto de luz para iluminar estas zonas.

A cor clara faz com que o cabelo pareça mais volumoso e ajuda a dissimular as zonas onde começam a aparecer cabelos brancos. Para obter estes benefícios, não é necessário tornar-se loura, basta aclarar um ou dois tons. Para camuflar os primeiros cabelos brancos, comece por fazer madeixas ou use uma coloração tom sobre tom, que fará com que pareçam reflexos.

Quando os brancos se tornarem mais evidentes, comece a utilizar uma tinta com oxidação, retocando as raízes a cada três a quatro semanas. Lembre-se ainda que, com a coloração, o cabelo necessitará de cuidados específicos para se manter saudável e brilhante. Use produtos para cabelos pintados e faça uma máscara nutritiva uma vez por semana. Esta é a recomendação de muitos especialistas.

Veja na página seguinte: Tratamentos rejuvenescedores a que pode recorrer

Ver artigo completo

Deixe uma resposta