Treinamento x Intensidade

    0
    50

    Com evolução das corridas de rua muitos atletas buscam melhores resultados nas provas de corrida. Mas às vezes essa busca por melhores resultados é feita de forma aleatória sem qualquer embasamento. Para isso é importante algumas dicas:

    As avaliações físicas utilizadas para indenficar índices fisiológicos que possam ser utilizados para a predição da performance aeróbia têm um importante papel dentro da área de avaliação e treinamento esportivo e podem selecionar indivíduos com determinadas características que poderão apresentar maiores rendimentos em determinados esportes e planejamento de aplicação de carga de trabalho (volume e intensidade).

    Nesse caso a avaliação física serve como uma ferramenta importante para nortear seu treino pois nos fornece parâmetros que são indispensáveis na hora de prescrever um treino. Por exemplo intensidade do limiar aeróbio limiar anaeróbio e consumo máximo de oxigênio (VO2max). Que são utilizados no controle prescrição e predição da performance a partir disso podemos fazer treinos com mais segurança.

    Para que obtenha melhores resultados o atleta deve saber dosar seus treinos com treinos intensos na intensidade do limiar anaeróbio VO2max e treinos moderados na intensidade do limiar aeróbio. Por esse motivo a avaliação física ajuda na hora da prescrição dos treinos para os atletas saberem exatamente em que zona de treinamento ele esta se é muito intenso ou não.

    Quanto maior for à porcentagem do VO2max empregada em uma prova maior será sua performance e conseqüentemente maior sucesso. Por esse motivo é importante que se treine em diferentes zonas de treinamento para que se tenham adaptações e consiga futuramente manter uma intensidade elevada por maior tempo.

    Torna-se importante determinar os limiares e velocidade de VO2max pois a resposta das catecolaminas (adrenalina e noradrenalina) varia conforme a intensidade e duração do exercício. Por exemplo: treinos na intensidade do limiar anaeróbio ocorre um aumento de 10 a 20 vezes nas concentrações dos hormônios e na intensidade do limiar aeróbio ocorre um aumento de 2 vezes mais nas concentrações dos hormônios.

    Com o cortisol outro hormônio também ocorre um aumento em treinamentos acima do limiar anaeróbio. Esses hormônios são indicadores de estresse por isso devemos dosar os treinos pois a elevação continua desses hormônios pode acarretar sérios problemas os mais comuns são: irritabilidade queda do sistema imunológico e problemas com o sono.

    Antes de sair correndo por ai pense em sua saúde.

     

    Esta matéria foi produzida no site ativo.com

     

    Deixe uma resposta