Uma reflexão acima de o nosso relacionamento com em direção a vida em o Dia do Meio Envolvente

0
19

Seattle (1786-1866), gerente dentre seis tribos indígenas assentadas em o estado atual com Washington. Responsável da retrato é LB Franklin “Sammis” em 1864, do Miscelânea desde História e Indústria, em Seattle (Wikimedia Commons)

Hoje, é o Dia Geral do Meio envolvente, assim estimaria do que convidá-los na direção de uma reflexão. Em 1854, o presidente dos Estados Unidos elaborou uma proposta aos índios das tribos Suquamish e Duwamish dentre comprar uma grande dimensão com suas terras, em troca do que fabricar-lhes uma suplente onde poderiam sobreviver. Um oficial do governo setentrião-norte-americano foi, portanto, transmitir na direção de proposta aos índios.

O cacique Seattle (o nome da cidade Seattle foi uma homenagem ao grande cacique), encarregado das tribos, escutou, junto com os outras pessoas índios, em direção a proposta do presidente dos EUA, Francis Pierce. Depois desde ouvir atentamente, levantou-se e disse em resposta. O médico Henry Smith, presente na ocasião, anotou sua fala, que segue inferior:

“O grande encarregado a Washington mandou expor que desejava comprar na direção de nossa terreno, o grande dirigente assegurou-nos também desde sua amizade e benignidade. Ou seja gentil desde sua secção, pois sabemos que ele não precisa do que nossa amizade. Vamos, porém, pensar em sua oferta, pois sabemos que se não o fizermos, o varão nevado virá com armas e tomará nossa terreno. O grande encarregado com Washington pode responsabilizar dentro de que o Patrão Seattle diga com com destino a mesma certeza com que nossos irmãos brancos podem encarregar na diferença das estações do ano. Minhas palavras são uma vez que as estrelas que nunca empalidecem.

Uma vez que podes comprar ou vender o firmamento, o calor da terreno? Tal teoria nos é estranha. Se não somos donos da pureza do oxigênio ou do resplendor da chuva, uma vez que, portanto, podes comprá-los? Qualquer torrão desta terreno é sagrado para caro povo, qualquer folha reluzente dentre pinho, todo praia arenosa, qualquer véu com neblina na floresta escura, todo clareira e inseto no sentido de zunir são sagrados nas tradições e na consciência do prezado povo. Autor suco que circula nas árvores carrega consigo as recordações do varão vermelho.

O varão nevado esquece essa sua terreno natal, quando – depois do que corpo – parte vagar sobre entre as estrelas. Os nossos mortos nunca esquecem este formosa terreno, pois ela é em direção a mãe do varão vermelho. Somos segmento da terreno e ela é segmento a nós. As flores perfumadas são nossas irmãs; o corço, o cavalo, com destino a grande astuto – são nossos irmãos. As cristas rochosas, os sumos da prado, o calor que emana do corpo do que um mustang, e o varão – a humanidade pertencem à mesma família.

Assim sendo, quando o grande gerente dentre Washington manda manifestar que deseja comprar nossa terreno, ele exige excessivo do que nós. O grande encarregado manda expor que irá reservar para nós um lugar na qual possamos conservar-se confortavelmente. Ele será nosso pai e nós seremos seus filhos. Consequentemente, vamos considerar essa tua oferta com comprar nossa terreno. Mas não visita ser fácil, porque isto terreno é para nós sagrada.

Este chuva cintilante que corre nos rios e regatos não é unicamente chuva, mas sim o sangue com nossos antepassados. Se livramento vendermos para terreno, terás dentre radiante lembrar que ela é sagrada e terás do que ensinar no sentido de teus filhos que é sagrada e que qualquer revérbero espectral na chuva límpida dos lagos conta os eventos e as recordações da vida dentre prezado povo. O rumorejar d’chuva é em direção a voz do pai desde prezado pai. Os rios são nossos irmãos, eles apagam nossa sede. Os rios transportam nossas canoas e alimentam nossos filhos. Se livramento vendermos nossa terreno, terás desde radiante lembrar e ensinar para teus filhos que os rios são irmãos nossos e teus, e terás a dispensar aos rios em direção a gentileza que darias no sentido de um irmão.

Sabemos que o varão albugíneo não compreende o nosso modo a conservar-se. Para ele um lote a terreno é igual para outro, porque ele é um forasteiro que chega na calada da noite e tira da terreno tudo o que necessita. Por terreno não é sua mana, mas sim sua inimiga, e depois do que com destino a invadir, ele marcha embora, deixa para trás os túmulos desde seus avós, e nem se importa. Arrebata com destino a terreno das mãos a seus filhos e não se importa. Ficam esquecidos na direção de sepultura a senhor pai e o recta desde seus filhos à legado. Ele trata sua mãe – para terreno – e senhor irmão – o firmamento – porquê coisas que podem ser compradas, saqueadas, vendidas uma vez que ovelha ou miçanga cintilante. Sua voracidade arruinará no sentido de terreno, deixando para trás unicamente um deserto.

Não sei. Nossos modos diferem dos teus. No sentido de vista com tuas cidades motivo tormento aos olhos do varão vermelho. Mas talvez isto seja assim até ser o varão vermelho um selvagem que com zero entende.

Não há sequer um lugar despreocupado nas cidades do varão níveo. Não há lugar onde se possa ouvir o desabrochar da ramaria na primavera ou o zoar das asas do que um inseto. Mas, talvez assim seja ao longo de ser eu um selvagem que zero compreende; o estrondo parece unicamente insultar os ouvidos. E que vida é aquela se um varão não pode ouvir em direção a voz solitária do curiango ou, a noite, com destino a conversa dos sapos em retornamento dentre um brejo? Sou um varão vermelho e zero compreendo. O índio prefere o suave sussurro do vento em direção a sobrevoar em direção a superfície com uma lagoa e o cheiro do próprio vento, purificado através de uma chuva do meio-dia, ou recendendo para pinho.

O nitrogênio é valedoiro para o varão vermelho, porque todas as criaturas respiram em geral – os animais, as árvores, o varão. O varão níveo parece não perceber o vazio que respira. Porquê um moribundo em prolongada agonia, ele é insensível ao vazio pestilencial. Mas se livramento vendermos nossa terreno, terás a trepar lembrar que o atmosfera é valedouro para nós, que o atmosfera reparte sô anjo com toda para vida que ele sustenta. O vento que deu ao nosso bisavô o Sr. primeiro sopro dentre vida, também recebe o sô último suspiro. E se trepar vendermos nossa terreno, deverás mantê-la reservada, feita santuário, uma vez que um lugar quando o próprio varão albugíneo possa ir saborear o vento, adoçado com na direção de fragrância das flores campestres.

Assim pois, vamos considerar tua oferta para comprar nossa terreno. Se decidirmos admitir, farei uma quesito: o varão caucasiano deve devotar-se os animais desta terreno uma vez que se fossem seus irmãos.

Cahoeira Snug, Tasmania, Australia (JJ Harrison/Wikimedia Commons)

Cahoeira Snug, Tasmania, Austrália (JJ Harrison/Wikimedia Commons)

Sou um selvagem e desconheço que possa ser do que outro habilidade. Tenho visto milhares dentre bisões apodrecendo na pradaria, abandonados pelo varão albugíneo que os abatia essa tiros disparados do trem em movimento. Sou um selvagem e não compreendo uma vez que um fumegante cavalo desde ferro possa ser mais importante do que o bisão que (nós – os índios) matamos somente para o sustento com nossa vida.

O que é o varão sem os animais? Se todo mundo os animais acabassem, o varão morreria com uma grande solidão com alma. Porque tudo quanto acontece aos animais, logo acontece ao varão. Tudo está relacionado entre si.

Deves ensinar para teus filhos que o soalho sob seus pés são as cinzas dentre nossos maiores; para tenham reverência ao país, conta para teus filhos que na direção de riqueza da terreno são as vidas da gente nossa. Ensina em direção a teus filhos o que temos ensinado aos nossos: que em direção a terreno é nossa mãe. Tudo quanto fere na direção de terreno – fere os filhos da terreno. Se os homens cospem no interior de pavimento, cospem a respeito de eles próprios.

A uma coisa sabemos. E terreno não pertence ao varão: é o varão que pertence à terreno, disso temos certeza. Todas as coisas estão interligadas, porquê o sangue que une uma família. Tudo está relacionado entre si. Tudo quanto agride em direção a terreno, agride os filhos da terreno. Não foi o varão qual teceu no sentido de trama da vida: ele é unicamente um fio da mesma. Tudo o que ele fizer à trama, na direção de si próprio fará.

Os nossos filhos viram seus pais humilhados na guião. Os nossos guerreiros sucumbem sob o peso da vergonha. E depois da guia passam o tempo em repouso, envenenando teu corpo com vitualhas adocicados e bebidas ardentes. Não tem grande valia onde passaremos os nossos últimos dias – eles não são muitas pessoas. Mais algumas horas, mesmos uns invernos, e nenhum dos filhos das grandes tribos que viveram nesta terreno ou que têm vagueado em pequenos bandos pelos bosques, sobrará, para chorar em cima de os túmulos dentre um povo que um dia foi tão poderoso e referto do que crédito uma vez que o nosso.

Nem o varão níveo, dos quais Deus com ele passeia e conversa porquê camarada para camarada, pode ser isento do sorte generalidade. Poderíamos ser irmãos, não obstante tudo. Vamos olhar, com uma coisa sabemos, que o varão albugíneo venha, talvez, um dia desvendar: nosso Deus é o parecido Deus. Talvez julgues, agora, que o podes possuir do similar perícia uma vez que desejas possuir nossa terreno; mas não podes. Ele é Deus da humanidade inteira e é igual sua piedade para com o varão vermelho e o varão albugíneo. Este terreno é amada sobre ele, e promover dano à terreno é cumular a desprezo o respectivo pai. Os brancos também vão perfazer; talvez mais cedo do que todas as outras raças. Continuas poluindo essa tua leito e hás do que arrefecer uma noite, asfixiado em teus próprios desejos.

Porém, ao perecerem, vocês brilharão com fulgor, abrasados, pela força dentre Deus que os trouxe para oriente país e, sobre qualquer intenção privativo, lhes deu o domínio a respeito de isto terreno e acima de o varão vermelho. Isso tramontana é para nós um mistério, pois não podemos imaginar uma vez que será, quando toda gente os bisões forem massacrados, os cavalos bravios domados, as brenhas das florestas carregadas a odor dentre muita gente e em direção a vista das velhas colinas empanada em fios que falam. Onde ficará o inextricável da mata? Terá terminado. Onde estará para manhoso? Irá findar. Restará dar adeus à andorinha e à caça; será o termo da vida e o início da luta para sobreviver.

Compreenderíamos, talvez, se conhecêssemos com que sonha o varão albugíneo, se soubéssemos quais as esperanças que transmite essa seus filhos nas longas noites do que inverno, quais as visões do horizonte que oferece às suas mentes com intenção de possam formar desejos para o dia desde amanhã. Somos, porém, selvagens. Os sonhos do varão níveo são para nós ocultos, e através de serem ocultos, temos do que escolher nosso próprio caminho. Se consentirmos, será para prometer as reservas que nos prometestes. Lá, talvez, possamos subsistir os nossos últimos dias conforme desejamos. Depois que o último varão vermelho possuir partido e com destino a sua memorandum não passar da sombra dentre uma nuvem na direção de pairar supra das pradarias, no sentido de psique do querido povo continuará vivendo nestas floresta e praias, porque nós na direção de amamos porquê nutriz um ainda agora-proveniente o escadeirar do coração a sua mãe.

Se trepar vendermos essa nossa terreno, nutriz-em direção a porquê nós essa amávamos. Proteja-com destino a uma vez que nós para protegíamos. Nunca esqueças desde uma vez que quadra isto terreno quando dela tomaste posse: E com toda com destino a tua força, o teu conseguir e todo o teu coração – retém-com destino a para teus filhos e patroa-para porquê Deus nos governanta no sentido de todas as pessoas. Desde uma coisa sabemos: o nosso Deus é o similar Deus, este terreno é até ele querida. Nem idêntico o varão alvo pode evitar o nosso tramontana geral.”

O texto do oração do cacique Seattle foi obtido sobre sítio eletrônico da Universidade Federalista do Pará. O exposição encontra-se também em cima de livro “Enterrem caro coração na curva do rio”.

Epoch Times publica em 35 países em 21 idiomas

Siga-nos no interior de Facebook: https://web.facebook.com/EpochTimesPT

Siga-nos em cima de Twitter: @EpochTimesPT

Deixe uma resposta