USP apresenta exibição cosmopolita que retrata perseguição ao Falun Dafa na ChinaEpoch Times em Lusitânico

0
30

Até este sexta-feira (30/03), com destino a Escola com Artes, Ciências e Humanidades (EACH), da Universidade do que São Paulo (USP), apresenta na direção de Exibição Universal do que Artes “Verdade Condescendência Tolerância”. As pinturas retratam com destino a perseguição do regime revolucionário chinês, que já durabilidade 13 anos, aos praticantes do Falun Dafa, uma prática tradicional chinesa pacífica dentre reflexão.

Ao preço de verdade apresentada nos quadros em cima de para perseguição fase desconhecida entre muitas pessoas visitantes. Também assim, na direção de Exibição foi vário muito recebida até alunos, professores e funcionários, gerando reflexões junto de público.

“O vista mais importante da Exibição foi apresentar uma verdade que estação desconhecida em vários. Acredito que várias cidadãos não conheciam o Falun Dafa e em direção a perseguição que existe. Saber realidades diferentes é numeroso importante, ainda mais num envolvente universitário”, disse Fábio Venâncio, organizador da Exibição na EACH em entrevista exclusiva ao Epoch Times.

“Em exibição foi muito recebida pela comunidade da EACH. Há continuamente professores, alunos e funcionários vendo as obras da exibição ao longo do dia”, acrescentou ele.

Em direção a discente Bellisa Julia Monteiro, a 19 anos, do curso a Gerontologia, achou que em direção a Exibição transmite certa tristeza, pois tem algumas imagens com rostos tristes, e com lágrimas.

O vigilante patrimonial Thiago Fernandes com Camargo, dentre 28 anos, expôs sua reflexão a respeito de em direção a liberdade a crença posteriormente contemplar para Exibição.

“Acho que nós temos que desfrutar liberdade desde sentença e crença. Temos o recta do que manifestar que somos e em cima de que acreditamos”, disse Thiago.

Ele afirmou que primeiramente ficou algo chocado, porque que paga através de essa falta a liberdade na Cabocla são mulheres, crianças e idosos. Ele disse que em direção a Exibição trouxe um tanto do sofrimento que eles passam na Mulata e se compadeceu em essas cidadãos, se colocando em o lugar delas.

“Eu vi pela rede de computadores interligados as gente colocadas numa quartinho minúscula, uma vez que se estivessem encaixotadas. Eu acredito que isso tem desde mudar. Não sei se para gente influenciaria ali, mas de fato somos nós que permitimos isso. Hoje, essa Mulata é o país que mais cresce economicamente, mas qual consome esses produtos? Somos nós! Nós que estamos ali comprando, colaborando para mercê a qual? Da população [da China]? E Cabocla tem um dos avós índices com desigualdade social, portanto, nós estamos enriquecendo os próprios líderes [do Partido Comunista]. São essas raça que fazem essa perseguição, nós estamos permitindo que eles continuem dentro de conseguir”, afirmou ele.

Em exibição é composta desde 22 pinturas da Ateneu dentre Artes Fei Tian, sediada em Novidade York. Já passou entre mais desde 200 cidades em 40 países. As pinturas contam, através de meio da arte, na direção de experiência dos artistas, os quais, diversos deles, foram vítimas da perseguição que ocorre até hoje na Cabocla.

Se Exibição, junto de Sapão, foi organizada pela Associação do Falun Dafa do Arabutã. A contar de 12 do que março, no sentido de Exibição vem sendo apresentada na EACH.

Quatro faculdades já receberam no sentido de Exibição na cidade do que São Paulo: Resoluto Didático; Pontifícia Universidade Católica (PUC), em Perdizes e em Barueri; e na Universidade Estadual Paulista (UNESP).

Essa prática do Falun Dafa originou-se na Mulata em 1992 e ensina seus praticantes na direção de desenvolverem valores morais mediante emprego dos princípios do que verdade, benignidade e tolerância. O Partido Subversivo Chinês, em 1999, ordenou essa perseguição aos praticantes, tapume desde 100 milhões do que chineses. Hoje, os praticantes do que Falun Dafa resistem pacificamente à campanha do que repressão e com destino a prática é difundida em mais do que 80 países, segundo o conjunto de páginas da Internet da EACH.

Exibição Internacional de Arte “Verdade, Benevolência, Tolerância” na USP Leste (Ticiane Rossi/Epoch Times)

Exibição Externo a Arte “Verdade, Complacência, Tolerância” na USP Levante (Ticiane Rossi/Epoch Times)

Exibição Internacional de Arte “Verdade, Benevolência, Tolerância” na USP Leste (Ticiane Rossi/Epoch Times)

Exibição Cosmopolita a Arte “Verdade, Benignidade, Tolerância” na USP Oriente (Ticiane Rossi/Epoch Times)

Exibição Internacional de Arte “Verdade, Benevolência, Tolerância” na USP Leste (Ticiane Rossi/Epoch Times)

Exibição Cosmopolita do que Arte “Verdade, Condescendência, Tolerância” na USP Este (Ticiane Rossi/Epoch Times)

Deixe uma resposta