Vestidos de noiva – a nova realidade

Um dos primeiros objetivos de uma mulher quando se torna noiva é encontrar um vestido que se adeque ao seu estilo de vida, tipo de corpo, estilo e tema da festa, o seu estilo próprio, e claro que se adeque às suas condições financeiras. Tal como a diversidade de todas estas questões, hoje em dia há uma imensidão de empresas e profissionais que têm muitas alternativas para encontrar o balanço perfeito entre o que a mulher tem em mente e o seu orçamento financeiro.

Alugar, comprar em segunda mão, pedir emprestado, comprar low cost ou outlet são algumas das opções disponíveis a considerar para encontrar o vestido de sonho sem pensar primeiro no preço. Para as noivas que querem comprar novo podem sempre fazer uma pesquisa pelos outlets das marcas ou pelos vestidos low cost. Algumas das lojas que disponibilizam este tipo de serviço são a Marianoivas, Vestidus, Noiva Lusa, Wedding Clinic, Pomba Branca, Vou Casar,entre outros, com vestidos que podem ir dos 150 aos 700 euros.

A solução que tem vindo a ser muito popular e económica é o aluguer de vestidos, pois permite ter acesso a vestidos de grandes marcas como Pronoivas, Rosa Clará ou Penhalta a preços bastante reduzidos. Uma das empresas que tem esse conceito é a The Yes Dress, que aluga vestidos de noiva por apenas 20% do seu valor original e que estavam guardados por noivas que não lhe estavam a dar uso. A empresa tem duas vertentes, uma de angariação de vestidos e outra de aluguer e a primeira faz com que a segunda aconteça. Os critérios para um vestido ser aceite pela empresa é ser recente, lindo e estar em muito bom estado. A influência da crise na criação do negócio foi crucial e juntou-se à necessidade de mudar mentalidades e preconceitos que possam ainda existir em relação ao aluguer. A ideia não era deixar que as noivas comprassem novo mas sim que vissem que ao alugar iam ter a mesma experiência emocional de escolher o seu vestido de sonho. E que não era necessário gastar três ou quatro mil euros num vestido para ser usado apenas umas horas. Visto de outro prisma podemos pensar que estes alugueres são empréstimos sentimentais, porque até há pouco tempo foi sempre tradição levar algo emprestado para dar sorte ao casamento. A única desvantagem dos alugueres é que a escolha pode ser reduzida por questões de tamanho e stock, limitando as possibilidades aos modelos disponíveis, que nem sempre permitem alterações ou ajustes de medidas.

Comprar em segunda mão é uma boa opção para quem quer ficar com o vestido depois do dia de casamento… Um dos sites mais visitados em Portugal para este tipo de compra é O Nosso Casamento, na secção ‘venda de usados’ onde as noivas compram e vendem vestidos de casamento já usados. Nesta secção também pode encontrar vestidos que nunca foram usados e na maioria os vestidos estão em excelente estado. Ao comprar o vestido em segunda mão tem a grande vantagem de poder alterar o vestido ao seu gosto, o que é impossível quando aluga. Nesta secção também encontra à venda todos os acessórios necessários para a noiva.

Se durante toda a procura pelo vestido de noiva ideal não encontrar o que pretende pode sempre optar pela tradição de pedir emprestado a alguém próximo, como a mãe, a irmã ou uma amiga próxima. E consegue sempre modificar e personalizar o vestido para se adaptar ao seu tipo de corpo.

Imagine que não encontra nenhum vestido como quer e no orçamento que pretende pode sempre mandar fazer, se bem que esta opção implica mais trabalho como encontrar a modista ou estilista que faça esse tipo de trabalho, os tecidos, o estilo de vestido e todos os detalhes finais.

Seja feito à medida, alugado, usado ou low cost, o vestido de noiva não tem que ser um rombo no orçamento. Têm que ser apenas o “tal” vestido com que sempre se imaginou usar no seu dia de casamento. Atualmente a variedade de design e de preços, que conseguimos encontrar tanto em lojas físicas como online são muito maiores e, por vezes, o vestido de sonho acaba por ser substituído por outra opção não pensada no início. Se mesmo assim não tiver pronta para se comprometer com um destes vestidos pense que a elegância nem sempre consiste em usar um vestido novo…

Deixe uma resposta