Videolaparoscopia

    0
    38

    O que é a videolaparoscopia?

    É uma moderna técnica aplicada em cirurgias que permite uma abordagem na região abdominal com inúmeras finalidades. Para tanto não há a necessidade de grandes incisões garantindo um tempo menor para a recuperação e menos incômodos.

    Além das vantagens mencionadas acima a videolaparoscopia proporciona menos dores durante o pós-operatório. O resultado estético tende portanto a ser melhor e o retorno às atividades do dia a dia é mais rápido.

    Para a realização da videolaparoscopia é preciso uma indicação médica. O profissional irá solicitar a internação do paciente que passará por uma criteriosa análise para a aplicação da anestesia. Alguns cuidados pré-operatórios são importantes por isto é preciso conversar com o médico para ajeitar tudo.

    O procedimento tem início depois de o paciente ter tomado uma anestesia geral. Um pneumoperitônio é insuflado na cavidade abdominal com CO2. Após isto punções são realizadas e os trocartes são posicionados. Com o uso destes dispositivos o médico realiza a videolaparoscopia através de monitores ou seja indiretamente.

    Quando é indicada

    São variadas as indicações para a videolaparoscopia. A técnica costuma ser usada tanto para fins diagnósticos quanto para fins terapêuticos. Atualmente o procedimento é bastante utilizado na área de ginecologia. É possível a investigação de dores pélvicas e o tratamento de endometriose por exemplo.

    Além disto outros procedimentos podem ser feitos via videolaparoscopia. É frequente a exérese de lesões nos ovários a salpingectomia a ooforectomia o tratamento de gestações ectópicas laqueaduras tubárias histerectomias miomectomias entre outras coisas.

    Na área de oncologia a videolaparoscopia também é bem utilizada. Isto porque a técnica é pouco invasiva e garante um menor dano tecidual. Além disto o procedimento permite um rápido início da quimioterapia e da radioterapia já que não é preciso esperar uma cicatrização para começar o tratamento do câncer.

    videolaparoscopia

    Outras indicações da videolaparoscopia são também para análises em geral e para detecção de infertilidade por exemplo. Sem dúvidas a videolaparoscopia é uma técnica que vem sendo muito bem aplicada. O método oferece inúmeras vantagens e gera poucos incômodos. Comparado com outros procedimentos este possui baixo risco de infecção e garante um rápido retorno às tarefas do dia a dia.

    Antes e depois

    Antes da decisão pela videolaparoscopia uma série de testes serão realizados por um profissional. É preciso estudar as alternativas para garantir a melhor abordagem. Após tomada a decisão a cirurgia é agendada.

    No dia do procedimento é preciso chegar com certa antecedência ao lugar combinado. A pessoa é internada e recebe uma anestesia geral. Todos os equipamentos são posicionados e o método tem um início. A videolaparoscopia é simples e não costuma gerar complicações.

    Normalmente o paciente pode retornar às atividades cotidianos em cerca de 1 a 2 semanas. Os sintomas são poucos depois do procedimento sendo que analgésicos e anti-inflamatórios costumam ser prescritos para o bem estar da pessoa. A alta hospitalar vem em um menor tempo quando comparado com outros métodos. Os riscos de infecções e de traumas são mínimos. A videolaparoscopia é uma técnica que vale a pena ser sempre considerada.

    Compartilhar
    Artigo anteriorEfeitos colaterais do Omeprazol
    Próximo artigoOs perigos das Dietas sem Orientação

    Deixe uma resposta