Vitalii Sediuk, o jovem que atormenta celebridades e não pede desculpa por isso

0
37

Se só recentemente é que ouviu falar em Vitalii Sediuk, fique a saber que há já vários anos que este jornalista tem dado que falar na imprensa internacional pelas partidas que organiza em eventos de grande magnitude e que quase sempre envolvem celebridades.

A primeira de todas teve lugar durante a transmissão do casamento real de William e Kate. “Vesti-me de Príncipe e invadi a maratona que a BBC estava a emitir em direto para pedir o apresentador em casamento e conseguir que fossemos viver para o meu castelo na Ucrânia. Esse episódio foi visto em todo o mundo e foi o ponto de partida que acendeu este meu desejo de provocar e de entreter”, começa por explicar à revista ‘Tentaciones’ Vitalii Sediuk, de 28 anos, que atualmente trabalha como repórter para uma estação de televisão ucraniana.

Ao longo de cinco anos, já pregou partidas a nomes como Will Smith, Leonardo DiCaprio, Gigi Hadid, Bradley Cooper ou Madonna. Para quem acha que estas partidas são preparadas ao milímetro, desengane-se. Vitalii refere que grande parte do seu modus operandi vive muito da sua capacidade de improviso e criatividade.

“A segunda vez que preguei uma partida a Kim Kardashian estava em Paris sentado num restaurante a desfrutar do Wi-fi e a comer um gelado quando uma nuvem de paparazzis apareceu do nada. A Kim entrou no restaurante e tive que inventar algo muito rápido”, explica.

Questionado sobre as suas motivações, o jovem revela que para além de entreter, as suas partidas também funcionam como uma estratégia para chamar atenção sobre o trabalho que desenvolve como jornalista. “Recebo imensa atenção mediática e isso faz com que as minhas reportagens passem menos despercebidas. Se há um ou dois anos planeava uma partida simplesmente pela diversão, hoje encaro-a de outra maneira”, frisa.

Duas das suas últimas partidas, que tiveram lugar durante a Semana da Moda, envolveram a supermodelo Gigi Hadid (que tentou agarrar à saída de um desfile) e a socialite Kim Kardashian (a quem beijou o rabo no meio da rua). Em declarações à publicação espanhola, Vitalii acredita que o assalto de que a socialite foi alvo não passa de um dos maiores boatos da história da indústria do entretenimento.

“Creio que o roubo foi orquestrado por ela. O facto de ter ido a Paris sem os filhos, de ter estado sozinha no hotel durante essa noite, o facto de a polícia não ter encontrado o ADN dos ladrões, que não tenhamos visto nenhuma foto dos suspeitos, ter deixado França à pressa e o facto de que não existir nenhuma câmara de segurança que tenha captado o que se passou numa das melhores zonas de Paris.”

Para além de fama instantânea, os seus atos de pura diversão trouxeram-lhe muitos processos em tribunal e várias noites atrás das grades. Apesar do mediatismo, Vitalii Sediuk revela que a sua vida permanece igual. Confessa ser um homem destemido e sem arrependimentos e que a única coisa de que tem medo é a sua aparência. “Tenho medo de não ser bonito porque, lamentavelmente, esta indústria baseia-se somente na aparência física”, remata.

Compartilhar
Artigo anteriorCuidado Facial – Vitalidade facial
Próximo artigoViver com situações de crise e catástrofe

Deixe uma resposta