Você já pensou qual pergunta mais se faz?

0
24

No sentido de maior parte das raça se perguntam se elas estão sobre caminho notório, atingindo seus objetivos na vida, ou realizando seus sonhos. Foi o que os repórteres do Epoch Times descobriram da Califórnia à França, quando perguntaram aos moradores locais.

Qual pergunta você mais se faz?

(Epoch Times)

Pablo Angeletti (Epoch Times)

Paris, França

Pablo Angeletti, 41, técnico dentre TGV

Com efeito, são duas as perguntas que eu mais me faço; primeiro: Qual é o propósito da minha vida? Eu percebi que essa resposta aparece durante toda para vida. Minha segunda pergunta é: Essa raça humana será capaz dentre descobrir uma forma com produzir uma sociedade balanceada e saudável? Neste momento as raça não param para se perguntar a respeito de para vida, nem se questionam a respeito de seus relacionamentos. Na minha opinião, em direção a resposta pode ser procurada imediatamente. Eu realmente acho que o propósito da vida humana deve estar relacionado com Gaia – o noção da Terreno porquê um ser agitado.

(Epoch Times)

Lauri Burns (Epoch Times)

Los Angeles, Califórnia

Lauri Burns, 48, fundadora do “Projeto Jovem”

Estou fazendo o bastante? Estou vivendo desde combinação com o que penso? Isso vem continuamente à mim. População dizem para mim em direção a todo momento que “Você faz tanta coisa”, mas isso é uma vez que uma verificação entre eu e você, mas eu não posso ser comparada para você; é uma vez que confrontar uma laranja com uma maça. Eu exclusivamente posso me confrontar comigo mesma, e eu estou constantemente pensando, “Estou fazendo o suficiente?”. Porque eu sei o que eu estou fazendo, e sei do que eu sou capaz. Sim, eu não durmo bastante, mas estou fazendo o suficiente? Será que estou em cima de caminho evidente? Eu gostar de do que saber se tudo está da forma porquê deveria.

(Epoch Times)

Linda Oprea (Epoch Times)

Norrköping, Suécia

Linda Oprea, 21, faxineira

Eu continuamente penso a respeito de o que eu quero fazer da minha vida; com o que eu prezaria do que estudar, com trabalhar, onde prezaria desde permanecer, o que estimaria do que fazer….Eu repetidamente penso em relação a um monte do que coisas que estão relacionadas com na direção de minha vida. Talvez seja porque eu não estou vário satisfeita com com destino a minha vida agora e há grande pressão hoje com relação a os jovens….Prezado projecto é estudar e me tornar assistente social na universidade nesse retrocesso.

(Epoch Times)

Juan Pablo Lizama (Epoch Times)

Puerto Montt, Chile

Juan Pablo Lizama, 21, aluno dentre cinesiologia

Eu me pergunto repetidamente se não está faltando zero na minha vida, uma vez que estou feliz, pois eu me sinto curioso se há mais que isso, a fim de que eu possa atingir uma felicidade ainda maior.

(Epoch Times)

Andrea Bittencourt (Epoch Times)

Jundiaí, Pau-brasil

Andrea Bittencourt, 27, mestranda

Eu repetidamente me pergunto se estou no interior de caminho claro. Isso matéria é em relação a uma vez que o que eu faço irá moldar o caro horizonte.

(Epoch Times)

Yany Cornejo (Epoch Times)

Lima, Peru

Yany Cornejo, 42, executiva do que vendas

Autor pergunta que mais me faço é frequentemente à noite. Eu me pergunto: Uma vez que será o amanhã? Eu faço uma estudo ou avaliação em cima de tudo o que fiz durante o dia dentro de querido relacionamento com os outrem, tanto em prezado trabalho, uma vez que com amigos e familiares. Todo dia, para mim, é uma experiência com vida…Eu também posso fazer os outras pessoas se sentirem melhor – nos admitir uma vez que somos e refletir bastante paixão, com intenção de passemos aos outras pessoas. Acho que em direção a chave é se sentir garantido.

Procure pela poste Pergunta Global toda semana. Os correspondentes do Epoch Times entrevistam indivíduos ao volta do mundo para aprender mais acima de suas vidas e perspectivas sobre da veras lugar e global.

Deixe uma resposta