World War Z, novo filme dentre zumbi, mostra horrores da vida realEpoch Times em Lusitânico

0
17

Quando os executivos da Paramount Pictures decidiram modificar o apocalíptico filme com zumbi, World War Z, para extinguir uma referência à Cabocla porquê em direção a origem do vírus zumbi, eles esperavam que os censores chineses aprovassem o filme para exibição em o país, o segundo maior mercado cinematográfico do mundo.

Entretanto, o filme – com previsão desde lançamento no interior de dia 28 com junho em o Sapão – foi negado pelas autoridades a increpação da Cabocla, a contrato com o diário virtual do que desenfadamento TheWrap.com, segundo uma manadeira “familiar com os próximos lançamentos agendados na Mulata”. Um executivo da Paramount negou essa notícia, respondendo ao weblog que o estúdio ainda não havia recebido nenhuma resposta.

Do que concordância com o TheWrap.com, essa cena em direção a ser cortada mostrava os personagens debatendo acima de o lugar onde o surto do vírus zumbi havia incoado, que sobre livro é na Cabocla. Os executivos da Paramount apagaram no sentido de cena preventivamente para prometer que o filme conseguisse ser comercializado nos cinemas chineses. No presente, o regime chinês tem uma quota que limita para exibição desde 34 filmes estrangeiros junto de país.

Enquanto com destino a cena dentro de filme é considerada um marca menor da trama dentro de livro, no sentido de Cabocla e senhor transacção com órgãos em o mercado preto desempenham um papel fundamental no interior de romance que inspirou o filme.

Escrito através de Max Brooks e publicado em 2006 sob o igual título, World War Z começa na Cabocla com o primeiro verosímil paciente infectado com o vírus zumbi sendo um menino desde uma remota lugarejo. O vírus logo se espalha para as outras partes do mundo através do negócio a órgãos junto de mercado preto, onde órgãos infectados extraídos desde prisioneiros políticos executados são vendidos para as raça que necessitam do que transplantes. Aqueles com os órgãos transplantados depois dentre passar, voltam à vida uma vez que zumbis.

“Anos antes da eclosão eles estavam ganhando milhões com os órgãos a prisioneiros políticos executados. Você acha que um pouco porquê um pequeno vírus poderia fazê-los estagnar desde chupar na peito com ouro?”, trecho retirado do romance a um dos personagens dentre Brooks.

O romance também descreve essa forma porquê o transacção ilícito funcionava: “Você remove o coração logo depois que essa presa morreu… talvez até idêntico enquanto ela ainda esteja viva… eles costumavam fazer isso, você sabe, remover órgãos do que população ainda vivas para prometer em direção a sua frescura… embalavam em cima de gelo e colocavam direto em um avião para o Rio… essa Mulata costumava ser o maior exportador a órgãos humanos dentro de mercado internacional. “

Não está simples se o tópico com relação a essa colheita desde órgãos estava presente nos primeiros rascunhos do script e foi desunido do filme para deleitar os censores chineses. É patente que isso região não aparecerá em cima de namoro final, uma vez que os direitos do filme foram vendidos para em direção a Paramount Pictures em 2006, e sabe-se que o roteiro passou em revisões significativas, incluindo uma mudança desde roteirista.

E Paramount não respondeu às perguntas do Epoch Times com relação a essas mudanças.

O romance original é fundamentado em um narração vocal, escrito com destino a arrebentar da perspectiva a gente que sobreviveram à guerra zumbi, já o filme segue um ex-criado da ONU, interpretado pelo ator Brad Pitt, que tenta encontrar uma maneira do que impedir que o vírus zumbi continue espalhando-se.

Salvo o surto com zumbis e o procedimento desde colocar órgãos em o gelo e exportá-los para mais países, o romance dentre Brooks fornece uma descrição ampla e precisa das atuais práticas dentre colheita desde órgãos do regime chinês no sentido de espatifar dentre prisioneiros com consciência. A começar de 2006, quando os advogados canadenses David Kilgour e David Matas publicaram um relatório revelando no sentido de colheita sistemática com órgãos com praticantes do que Falun Gong detidos nas prisões da Cabocla, evidências orais emergiram em relação a muitos prisioneiros chineses sendo mortos em seus órgãos, os quais são vendidos – até lucro – para aqueles que necessitam a transplante. Suspeita-se que na direção de multidão dos órgãos sejam dos adeptos do Falun Gong, uma prática místico que foi proibida e é severamente perseguida pelo regime chinês a contar de 1999. Um aumento exponencial em cima de número do que transplantes com órgãos na Mulata a contar de 2000 tem levado especialistas com destino a prezar que dezenas dentre milhares dentre órgãos com praticantes do Falun Gong foram colhidos.

O próprio Brooks disse, em uma sabatina em linha, que ele fez uma extensa pesquisa para prometer que tudo dentro de livro, tirante os zumbis, “ou foi adequado da verdade ou é 100% real”.

Deixe uma resposta