Comida Japonesa Engorda?

0
233
 Os temperos dos alimentos possuem boa quantidade de calorias

Comida japonesa está na moda. Hoje em praticamente todos os bairros das principais cidades brasileiros há ao menos um restaurante japonês com sucesso de público. Quem resiste a um sushi sashimi temakis e vários dos deliciosos combinados? Embora a predileção de grande parte da população pelos “japas” seja incontestável uma dúvida ainda existe principalmente entre a turma fitness: Comida japonesa engorda?

comida-japonesa-engorda

É inviável afirmar com convicção: comida japonesa engorda ou não engorda. Muitas pessoas acreditam que por se tratar de peixes e na maioria dos casos crus os alimentos não engordam de maneira alguma e podem ser consumidos aos montes. Não é por aí. Os pratos possuem temperos especiais e muitos dos ingredientes utilizados em molhos contêm generosa quantidade de calorias. Portanto já sabe: não adianta ir ao restaurante japonês pensando que pode comer quanto quiser a ingestão exagerada dos deliciosos itens pode favorecer ao ganho de peso.

Como fazer o bom proveito da comida japonesa?

Comer moderadamente. Esta é a sua meta na próxima vez que for a um restaurante japonês com os amigos na hora de fazer o pedido privilegie sushis frescos e evite mergulhá-lo no molho shoyu. Ok esse molho é delicioso e dá um toque especialíssimo ao peixe mas ele contém muito sódio que retém o líquido e promove inchaços.

Perder peso requer dedicação e esforço mas isso não signifique que você deva abandonar alguns hábitos deliciosos. Não precisa deixar de ir ao restaurante japonês mas diminua essa frequência: se você vai duas vezes à semana vá apenas uma. Coma em pouca quantidade. E nada de mergulhar os alimentos no shoyu tudo bem?

Evite certos alimentos da culinária nipônica

Os preparos cozidos também são inimigos da barriga chapada e coxas torneadas. Alimentos cozidos aumentam gorduras localizadas e travam qualquer sucesso de dieta além de potencializar os riscos de doenças cardíacas com o aumento do colesterol ruim (LDL). Verifique alguns dos alimentos da cozinha japonesa que você deverá passar longe

Guioza

Se você está em período de dieta evite pedir o guioza. O delicioso pastelzinho oriental tem grande quantidade de carboidratos e a massa é recheada com carne de porco de boi e há muito sal e shoyu no tempero. Ou seja não é nada saudável.

Temakis

Os cones recheados talvez estejam entre os exemplares da culinária japonesa mais assimilados por quem está começando a se interessar pelos sabores orientais. Hoje há várias temakerias em todas as cidades e esses alimentos são servidos aos montes. O grande perigo é que em muitos dos casos há ingredientes como maionese catupiri e cream cheese no molho.

Tempurá

Esse é outro prato que você deverá deixar de lado. Embora tenha alimentos saudáveis como vegetais e frutos do mar o fato de ser empanado e frito com óleo o coloca na categoria de vilão alimentar.

comida-japonesa

A comida japonesa vendida no Brasil engorda mais

Antigamente quando se pensava em comida japonesa aqui no Brasil a única associação era o peixe cru. A rejeição ao alimento era imediata para a maioria das pessoas que consideravam a alimentação nipônica no mínimo exótica. Com o tempo foi-se percebendo que há deliciosos ingredientes na culinária japonesa e tão gostosos quanto bonitos visualmente então não demorou para que os restaurantes expandissem por aqui. Mas por que razão há diferença no número de calorias entre as comidas daqui e do Japão?

Simples. O Brasil é o país do fast food e molhos de maionese catupiri cream cheese já fazem parte da cultura culinária. Portanto muitos donos de restaurantes japoneses adaptaram estes e outros ingredientes hipercalóricos às receitas originais para conquistar adeptos com mais facilidade. Funcionou.

Então já sabe quando for saborear uma comida japonesa saiba que estará consumindo um pouquinho dos ingredientes já conhecidos por aqui e que engordam.

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here