Estomatite Infantil

    0
    289

    O que é estomatite infantil?

    É uma infecção viral muito frequente em crianças que provoca o surgimento de aftas e de feridas na garganta e na boca. A condição é geralmente ocasionada pelo vírus chamado de Herpes simples (HSV-1) ou pelo vírus Coxsakie também agente de uma doença conhecida como doença mão-pé-boca.

    A estomatite infantil acomete crianças de ambos os sexos e provoca falta de apetite irritabilidade febre e dor levando os pais geralmente a logo procurarem por ajuda. Normalmente a doença tem início depois de passados 5 dias do contato com outra pessoa doente ocasionando os sintomas acima mencionados.

    É um pouco complicado prevenir a estomatite já que o vírus é facilmente transmitido e fica em nosso organismo para sempre. O importante é manter o corpo forte e saudável para que o vírus não encontre condições de se manifestar. De uma forma geral o tratamento é simples e indolor portanto não deixe de procurar por ajuda médica diante dos primeiros sintomas.

    Como se adquire

    Grande parte dos adultos carrega o vírus causador da estomatite infantil pois é um agente que adquirimos na primeira infância. O vírus é facilmente transmitido através do simples contato sendo que ele irá acompanhar a pessoa pelo resto da vida.

    Sempre que o vírus encontrar condições ele irá se manifestar por isto é fundamental manter o organismo forte e saudável. Diante de um sistema imunológico debilitado podem ocorrer novamente casos de estomatite.

    Sintomas

    A estomatite infantil leva ao surgimento de pequenas lesões na garganta e na boca depois de cerca de 5 dias do contato inicial. Estas lesões medem em torno de 1 a 5 mm de diâmetro e costumam ser acinzentadas ou amareladas na região central e mais avermelhadas para fora.

    Dependendo do estado do organismo e do vírus causador os sintomas podem variar em intensidade e em gravidade. As lesões tendem a surgir mais na parte de dentro das bochechas na língua no céu da boca no fundo da boca e nas amídalas. As gengivas também podem ficar bem inchadas e inflamadas ocorrendo até mesmo sangramentos em algumas situações.estomatite infantil

    As aftas e as lesões provocam bastante dor e provavelmente a criança ficará bem irritadiça e sem apetite. Os bebês pequenos irão babar mais do que de costume e chorar bastante sendo que mau hálito também é um sintoma comum desta condição. É importante procurar por ajuda médica para que a criança tome os devidos medicamentos de forma a evitar tantos transtornos e sofrimento.

    Diagnóstico

    O diagnóstico da estomatite infantil leva todos os sintomas em conta. Além disto a condição é muito frequente em crianças o que já leva o médico a suspeitar da condição. Durante os meses de inverno a estomatite infantil é ainda mais frequente pois passamos a ficar em ambientes fechados e em aglomerações.

    Com base nas inflamações na boca e na garganta o médico irá receitar alguns medicamentos assim como indicar medidas para diminuir os sintomas e transtornos. A primeira infecção viral é geralmente a mais forte e a que leva a mais desconfortos por isto a condição se manifesta com mais força em bebês e em crianças. Com o devido tratamento a situação é facilmente contornada no entanto o vírus continua a viver no organismo manifestando-se sempre que encontrar as condições adequadas.

    Como é feito o tratamento

    Diante dos primeiros sintomas um médico deve ser consultado. Como a condição é provocada por um vírus o uso de antibióticos não surte qualquer efeito. Analgésicos e antitérmicos podem ser indicados com o intuito de diminuir a dor e a febre que costuma ser bem alta. Nunca tome medicamentos sem a indicação de um médico pois o uso incorreto de certos fármacos pode piorar ainda mais uma situação.

    Além dos medicamentos é fundamental fazer a devida higienização da boca mesmo que ela esteja com sangramentos. Uma boca limpa é local menos propício para a proliferação e manutenção de vírus e outros agentes infecciosos. De uma forma geral depois de 10 dias do início do tratamento os sintomas tendem a reduzir. Pode haver recidivas pois o vírus passa a viver no organismo da pessoa no entanto algumas medidas ajudam a evitar a condição.

    Como prevenir

    A infecção é recorrente pois o vírus vive no corpo de muitas crianças e adultos o que facilita a transmissão de pessoas para pessoas. Entretanto em um organismo forte e saudável ele encontra dificuldades para se estabelecer e multiplicar por isto é fundamental cuidar da saúde e da alimentação.

    Para evitar esta e uma série de outras doenças é importante manter-se sempre hidratado e ingerir frutas legumes e verduras em grande quantidade. Evitar levar a mão à boca também pode ajudar assim como fazer a devida higienização local sempre após cada refeição. Diante de qualquer feridinha procure imediatamente por um médico já que a grande maioria das condições é melhor tratada quando diagnosticada precocemente.

    LEAVE A REPLY

    Please enter your comment!
    Please enter your name here