Milhares com crianças desmontam e-lixo na capital da Índia

0
82

Um trabalhador indiano remexe uma sacola cheia de mouses de computador para desmonte no Dia Mundial do Meio Ambiente. Nova Déli, capital da Índia, deve produzir 50 mil toneladas métricas de e-lixo até 2015, segundo um estudo (Manjunath Kiran/AFP/Getty Images)

Um trabalhador indiano remexe uma sacola enxurrada dentre mouses dentre computador para desmonte junto de Dia Global do Meio Envolvente. Novidade Déli, capital da Índia, deve produzir 50 milénio toneladas métricas desde e-lixo até 2015, segundo um estudo (Manjunath Kiran/AFP/Getty Images)

Enquanto em muitas pessoas países desenvolvidos as crianças brincam com aparelhos eletrônicos; na Índia, as crianças a famílias pobres trabalham desmontando os mesmos para se sustentarem, enquanto se expõem para radiações nocivas.

Entre 35-45 milénio crianças trabalhadoras na fita etária com 10-14 anos na capital indiana com Novidade Déli estariam envolvidas dentro de trabalhado com coleta, separação e distribuição do que lixo eletrônico (e-lixo) sem proteção adequada, segundo um estudo hodierno da Associação das Câmaras desde Negócio e Indústria da Índia (ASSOCHAM).

Ao preço de ASSOCHAM tem defendido em respectivo relatório em direção a urgência a possuir uma legislação eficiente para impedir na direção de ingresso do trabalho infantil em atividades do que e-lixo.

“E-lixo doméstico, incluindo computadores, TVs, celulares e geladeiras, contem mais dentre milénio materiais tóxicos, que contaminam o solo e as águas subterrâneas”, disse o Dr. B.K. Rao, o presidente da Percentagem com Saúde da ASSOCHAM, na publicação do estudo “E-lixo na Índia até 2015”.

“Essa exposição pode ocasionar dor desde cocuruto, violência, náuseas, vômitos e dor ocular. Recicladores podem suportar desde problemas sobre fígado, rins e distúrbios neurológicos”, disse ele.

O estudo menciona que os staff não estão protegidos adequadamente, o lixo eletrônico dentre monitores desde PCs, CDs, placas-mãe, cabos, cartuchos do que toner, tubos a luzes, etc. são queimados para firmamento cândido, liberando toxinas dentre chumbo e hidrargírio sobre atmosfera.

O expedido também menciona que em direção a Região da Capital Pátrio (RCN) a Déli na Índia está emergindo rapidamente porquê com destino a capital do lixo eletrônico do país. “E RCN-Déli deve gerar 50 milénio toneladas do que lixo eletrônico até 2015”, disse o expedido.

Dentre concórdia com para D.S. Rawat, o secretário-universal da ASSOCHAM, o estudo mostrou que, nos dias de hoje, Déli gera muro a 30 milénio toneladas dentre e-lixo ao longo de ano e no sentido de capital vernáculo empregou mais dentre 1,5 Lakhs do que staff em várias unidades organizadas e desorganizadas desde reciclagem na cidade.

“Muro com 8.500 telefones móveis, 5.500 aparelhos do que telopsia e 3 milénio computadores pessoais são desmontados na cidade toda gente os dias para reutilização com seus componentes e materiais”, disse Rawat em o enviado.

Segundo o estudo, grandes centros do que e-lixo existem nas cidades dentre RCN-Déli, Meerut, Ferozabad, Chennai, Bangalore e Mumbai, com 85 milénio recicladores trabalhando unicamente em RCN-Déli.

“Enquanto essa lista cresce, também aumenta com destino a quantidade do que e-lixo, à proporção que estes produtos se tornam mais acessíveis e mais cidadãos os utilizam. O uso crescente também os torna mais descartáveis, aumentando assim com destino a taxa com redução progressiva e muda”, disse Rawat.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here