Projeto com Lei pode valer término do cigarrilha eletrônico em Novidade York

0
135
Fora não sustar fumo, o cigarrilha eletrônico seria reclassificado porquê um dentre seus derivados

Imagem de um cigarro eletrônico que substitui o ato de fumar sem tabaco, feita em 12 de junho de 2013, em Londres. Este tipo de digarro, que funciona com bateria recarregável, transforma a nicotina e outras substâncias químicas em vapor (Oli Scarff/Getty Images)

Imagem com um cigarrilha eletrônico que substitui o ato com fumar sem tabaco, feita em 12 a junho com 2013, em Londres. Levante tipo dentre cigarrilha, que funciona com bateria recarregável, transforma em direção a nicotina e outras substâncias químicas em vapor (Oli Scarff/Getty Images)

Os cigarros eletrônicos em breve poderão estar sujeitos na direção de regulamentações estritas se forem aprovadas certas propostas do Junta com Saúde dentre Novidade York. Salvo não conterem fumo, seriam reclassificados porquê um dentre seus derivados. Tais restrições podem prejudicar sua comercialização, fazendo com que diversos novidade-iorquinos que os utilizam recaiam em o uso do que sua forma tóxica.

Os defensores dos Direitos do Consumidor da Associação dentre Alternativas sem Fumo (CASAA) obtiveram, em 7 do que agosto, uma traslado vazada da proposta. Se ela for aceita, haveria mais uma vez essa classificação dos “derivados do fumo”, o que incluiria os cigarros eletrônicos e componentes relacionados e proibiria com destino a sua publicidade, muito porquê essa comercialização do tabaco sem fumaça pelas empresas desde varejo e no sentido de venda do refil líquido em diferentes sabores, porquê mentol, hortelã e óleo com gualtéria em estabelecimentos que não sejam classificados uma vez que “loja com fumo, restrito no sentido de menores desde idade.”

As leis da cidade do que Novidade York proíbem, a começar de 2001, as lojas com fumo. Desde conciliação com as novas leis, até parecido nos estabelecimentos próprios para venda desde cigarros eletrônicos seria proibida essa venda deste tipo a fumo com sabores.

Em direção a decisão foi tomada depois desde uma reunião do Comissão a Saúde da Cidade desde Novidade York em 2 desde maio, quando um representante do Departamento com Saúde da cidade disse que o departamento “não tinha intenção desde regulamentar os cigarros eletrônicos”, publicou para CASAA em senhor blogue.

O Dr. Michael Siegel, professor da Escola desde Saúde Pública da Universidade a Boston, disse ao página da Internet Gothamist, em 9 a agosto, que o projeto dentre lei “substancialmente oi no sentido de um grupo com ex-fumantes para restituir em direção a fumar”, posto que praticamente o mundo inteiro os cigarros eletrônicos são “produtos com sabor” e, então, sujeitos à impedimento desde sua venda.

O Projeto dentre Lei afirma que restringir essa publicidade do que cigarros eletrônicos manteria estes produtos longe da juventude e que isso poderia “evitar o nascimento a uma novidade geração a viciados em nicotina.” Segundo o projeto, essa sua comercialização muitas vezes “desestimula os fumantes na direção de largar o vício.”

Apesar disso, para vários fumantes em potencial, os cigarros eletrônicos são uma opção mais segura e, até similar em poucos casos, conseguem salvar vidas, disse Siegel. “Eu não tenho problemas com o decreto, a modo universal, quanto ao aumento da idade permitida para o consumo ou com destino a interdição a publicidade. Mas os cigarros eletrônicos são um resultado que, literalmente, está salvando em direção a vida dentre muitas gente”, acrescentou.

Ao preço de próxima reunião do Liga desde Saúde está prevista para amanhã (22 do que agosto). Até ao momento, não se sabe se o decreto será votado ou não.

O Ministério da Saúde não fez comentários a respeito de o projeto.

“Estamos na época atual trabalhando, em o Parecer, em abundantes projetos dentre lei em cima de essa regulamentação do fumo. Uma vez que segmento desde qualquer processo legislativo, há várias propostas e versões antes que seja definitivo”, disse o porta-voz da Percentagem a Saúde.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here